• Home
  • Cavalo vítima de maus-tratos não resiste e morre em Joinville (SC)

Cavalo vítima de maus-tratos não resiste e morre em Joinville (SC)

0 comments

Cavalo foi vítima de maus-tratos
O cavalo estava abandonado em uma calçada e recebeu eutanásia na manhã desta sexta-feira. | Foto: Divulgação/SM24H

O cavalo Pampo foi encontrado ferido em um terreno baldio no bairro Itaum, na zona Sul de Joinville. Depois de ser achado, o animal passou a noite no veterinário se debatendo e também teve politraumatismos.

Diante do sofrimento do animal vítima de maus-tratos, o veterinário Alexandre Caetano, da Prefeitura, resolveu realizar a morte induzida no cavalo.

Além deste, outro caso de maus-tratos havia acontecido na região, em que um cavalo também morreu após ser maltratado.

A denúncia de maus-tratos é legitimada pelo Art. 32, da Lei Federal nº. 9.605, de 12.02.1998 (Lei de Crimes Ambientais) e pela Constituição Federal Brasileira, de 05 de outubro de 1988.

“Art. 32. Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos:
Pena – detenção, de três meses a um ano, e multa.
§ 1º. Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.
§ 2º. “A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.”

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>