• Home
  • Protetores unem esforços para salvar animais vítimas do incêndio em Portugal

Protetores unem esforços para salvar animais vítimas do incêndio em Portugal

0 comments

Aproximadamente 2 mil pessoas trabalham incessantemente no combate às chamas, pois ainda há focos de incêndio, segundo autoridades. Através das redes sociais, protetores de animais e ONGs estão mobilizando forças para localizar e tratar os animais atingidos pelas chamas.

“Não temos números de animais afetados. Infelizmente as zonas continuam sem acesso, mas tememos o pior”, disse a presidente da SOS Animal, Sandra Duarte Cardoso.

Mas a corrente pelo bem fala mais alto que as dificuldade “Há muitas associações locais e de outros locais do país que estão fazendo o que podem. Há ainda clínicas e hospitais privados que abriram as suas portas de forma voluntária e estão a dar tudo o que podem”, conta.

Duas vítimas abraçam cão sentados, e integrante do grupo de ajuda aparece em pé
Integrante da Cruz Vermelha ajuda vítimas de incêndio (Foto: Miguel Vidal / Reuters)

Logo após o conhecimento da tragédia, o grupo já iniciou a buscar apoio nas redes sociais, buscando ONGs, veterinários e voluntários que quisessem ajudar as vítimas do incêndio e buscar informações sobre os animais, também vítimas da tragédia. “Os nossos pensamentos estão com todas as vítimas, humanas e não humanas”, afirma Sandra.

Mas os esforços não se concentram somente nos animais já atingidos, mas também na prevenção de mais vítimas. Como há a preocupação que o incêndio se alastre para a região de Figueiró dos Vinhos, a Associação Pegadas e Bigodes, iniciou neste domingo (18) a levar os 65 cães do abrigo da região para locais seguros do país, através da ajuda de lares temporários de voluntários.

“Apelamos a todas as pessoas que estejam perto da zona onde se deu a tragédia para que verifiquem se também há animais que precisam de apoio. Todos merecem ser ajudados, sejam humanos ou não humanos”, escreveu a ONG.

A Associação Agir Pelos Animais busca doações de feno e ração para gado. Outros protetores também publicam fotos de animais encontrados na região, que provavelmente se perderam de seus tutores durante o incêndio.

 

 

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>