• Home
  • Pesquisadores descobrem que outras espécies riem quando sentem cócegas

Pesquisadores descobrem que outras espécies riem quando sentem cócegas

Primata encostado em árvore rindo

0 comments

Primata encostado em árvore rindo
Foto: su-lin via flickr

É especialmente interessante examinar a ciência por trás do riso. Existem duas categorias principais: uma resposta a estímulos físicos – como cócegas – e risadas sociais.

Os seres humanos começam ainda bebês e os cegos e surdos também riem, o que é uma grande pista de que o riso é uma função cerebral profunda.

Os cientistas têm tentado entender o riso há muito tempo e descobriram alguns fatores interessantes.

A ideia de que outros animais além dos humanos riam pode ser rastreada pelo menos até 1872 no trabalho de Charles Darwin, “A expressão das emoções no homem e nos animais”.

Segundo pesquisas da Universidade de Hannover, “os primatas passaram em torno dos últimos 10 a 16 milhões de anos evoluindo essa habilidade”.

Em um estudo de 2009, os pesquisadores descobriram que as características do riso humano – o que o torna distinto de outros sons – podem ser rastreadas até os nossos antepassados, que são compartilhados com os dos grandes primatas.

Há uma origem evolutiva comum para o riso induzido por cócegas em humanos e grandes macacos. Assim, o riso é, cientificamente falando, algo que compartilhamos com múltiplas espécies, informou o Care2.

“Circuitos neurais para o riso existem em regiões muito antigas do cérebro e formas ancestrais de brincadeiras e risos existiram em outros animais antes da chegada dos humanos”, explica Jaak Panksepp, neurocientista de Washington.

Em 2000, foi descoberto que os ratos também riem quando sentem cócegas. Naturalmente, o som que eles fazem é muito diferente do riso humano. Esse som está fora da faixa auditiva humana e é o mesmo ruído que os ratos fazem quando brincam.

Ainda há um longo caminho a percorrer antes que os cientistas estejam prontos para classificar outros animais como sendo capazes de rir mesmo que saibamos sobre sua capacidade de sentir uma série de emoções.

Quanto a outros animais próximos a nossos grandes amigos primatas, muitas espécies produzem um som diferente e ofegante que funciona muito como o riso.

Com base no que sabemos atualmente, esses animais – incluindo cães e golfinhos – usam isso para mostrar que estão se divertindo.

Ainda temos um longo caminho a percorrer antes de compreendermos  que outros animais também podem emitir sons de alegria enquanto brincam ou sentem cócegas ou se existem maneiras diferentes de expressarem sua felicidade.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>