• Home
  • Égua grávida é obrigada a carregar carroça e o pior acontece

Égua grávida é obrigada a carregar carroça e o pior acontece

0 comments

Égua era explorada para transportas materiais recicláveis
Abandono de cavalos em situação de maus-tratos é recorrente em Sarandi | Foto: divulgação.

O homem tentou jogar a culpa para outra pessoa quando entrou em contato com a prefeitura. Através de uma nota, o órgão informou que “segundo a Lei, a responsabilidade é do tutor quando o animal adoece”. A multa a ser paga corresponde à R$2 mil.

Segundo a prefeitura, o suspeito havia informado o endereço errado à fiscalização, “não sendo possível localizar nem o animal e nem o responsável, para entregar a notificação”. A égua foi encontrada no quintal de uma casa abandonada no Jardim das torres. Por conta do sumiço do homem, a notificação foi entregue à família do suspeito.

“Como o tutor não foi encontrado, a multa foi entregue para a família. Ele foi autuado por abandono, omissão e maus-tratos e deve pagar um valor de R$ 2.027,68”, disse a nota.

O animal foi enterrado em um espaço adequado pela equipe da Autarquia de Águas. A fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente teve o apoio da Guarda Municipal, para entregar o auto de infração ambiental.

A denúncia de maus-tratos é legitimada pelo Art. 32, da Lei Federal nº. 9.605, de 12.02.1998 (Lei de Crimes Ambientais) e pela Constituição Federal Brasileira, de 05 de outubro de 1988.

Caso você presencie maus-tratos a animais de quaisquer espécies, sejam domésticos, domesticados, silvestres ou exóticos – como abandono, envenenamento, presos constantemente em correntes ou cordas muito curtas, manutenção em lugar anti-higiênico, mutilação, presos em espaço incompatível ao porte do animal ou em local sem iluminação e ventilação, utilização em shows que possam lhes causar lesão, pânico ou estresse, agressão física, exposição a esforço excessivo e animais debilitados (tração), rinhas, etc. –, vá à delegacia de polícia mais próxima para lavrar o Boletim de Ocorrência (BO), ou compareça à Promotoria de Justiça do Meio Ambiente.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>