• Home
  • Protetora resgata e cuida de 80 animais abandonados na Cracolândia (SP)

Protetora resgata e cuida de 80 animais abandonados na Cracolândia (SP)

0 comments

Além da Dona Graça, sua neta e uma bisneta também vivem na casa, acompanhadas de 50 cães e 30 gatos, aproximadamente. São tantos animais vivendo juntos que muito acabam tendo o mesmo novo. Dentre os cinco cães-recepcionistas da pensão, três são chamados de Neguinha.

Dona Graça acariciando os cães na porta de casa
Pensão abriga cerca de 80 animais na Cracolândia (Foto: Paulo Toledo Piza / G1)

Dona Graça conta que a maioria dos animais que cuida foram resgatados na região onde mora. “Eram do pessoal que ficava por aqui [usuários de drogas]. Mas como muitos foram presos, os cachorros ficaram sem ninguém. Muitos eu dei comida e água, outros que estavam doentes ou machucados eu tratei. Depois que saravam, não queriam sair daqui e ficavam”, explica.

Cerca de 80 animais domésticos vivem na pensão
A idosa cuida de cães resgatados no bairro da Cracolândia, em SP (Foto: Paulo Toledo Piza / G1)

Ela conta que o amor pelos animais começou mais ou menos há cinco anos, quando uma amiga protetora a levou para ajudar a resgatar cães abandonados nas ruas. Naquele dia, ela levou seus dois primeiros cães para casa. E, a partir disso, a vontade ajudar os animais só cresceu, assim como as dívidas.

Dona Graça estima gastos mensais de R$ 3 mil só para alimentar os animais. “Tudo o que eu ganho vai para eles. Queria conseguir um terreninho para levar eles, mas o dinheiro não sobra”, conta.

Ela diz que sempre morou na região central de São Paulo, principalmente nos Campos Elísios. Por isso, ela viu aos poucos o bairro se transformar em uma terra dominada pelo crack. “Antes era só família. Depois que esse pessoal veio para aqui, as famílias tudo saíram. Foram tudo embora. Não tive alternativa a não ser alugar para as pessoas que ficavam aqui na rua. Mas eles não moravam aqui. Eles vinham para tomar banho, dormir, descansar algumas horas. Agora foram todos embora. Agora só tem os cães e os gatos e minha neta e bisneta”, afirma.

Gatos e cães são beneficiados pela ação da idosa
Gatinho descansa dentro de vaso de flores na pensão da Dona Graça (Foto: Paulo Toledo Piza / G1)

Após a megaoperação policial que prendeu mais de 50 pessoas e tirou os usuários de drogas da região, a vizinhança ficou mais segura, mas também afastou os hóspedes. “Não sei nem como irei pagas as minhas contas. Mas o que mais me preocupa mesmo são as comidas dos animais. Porque o aluguel espera, as contas esperam, eles [cães e gatos], não”, lamenta.

Contudo, apesar dos gastos altos para manter e da dificuldade em conseguir hóspedes para a pensão, Dona Graça não desiste de ajudar os animais que tanto precisam. “Se eles me colocarem na rua, não tenho para onde ir. Eu vou ficar na rua com todos eles. Mas abandonar, eu não abandono”, diz.

Dona Graça ajuda animais abandonados na Cracolândia
A protetora Graça com o filhote de cão Willy no colo (Foto: Paulo Toledo Piza / G1)

 

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>