• Home
  • OAB investiga caso de agentes da PRF que mataram cavalos

OAB investiga caso de agentes da PRF que mataram cavalos

0 comments

A Comissão de de Direito Ambiental da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Goiás anunciou que está acompanhando “com preocupação e perplexidade” o inquérito sobre os agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que mataram dois cavalos em Rio Verde, nesta quarta-feira (24).

Uma testemunha gravou um vídeo mostrando os policiais disparando contra um dos animais, enquanto o outro equino já está morto. As imagens foram feitas próximo à rodovia BR-060.

Cavalo tenta fugir desesperadamente enquanto agente dispara
Policial atira diversas vezes contra cavalo em Goiás (Foto: Reprodução / EXTRA)

As imagens de denúncia foram divulgadas nas redes sociais, o que motivou o início de um processo administrativo disciplinar “para definir responsabilidades”. A entidade comunicou que a equipe havia decidido matar os animais porque os cavalos estavam no canteiro central da rodovia e os agentes não conseguiam afastá-los. De acordo com a PRF, os agentes queriam evitar que os animais causassem um acidente.

Contudo, não foi informado se houve a tentativa de transportar os animais para uma localidade em que não houvesse risco.

A comissão que está investigando o caso tem o prazo de 2 meses, podendo ser prorrogado por mais 2 meses, para finalizar o processo. A PRF disse que, a principio, os agentes que assassinaram os animais não serão afastados de suas atividades.

“Em primeiro lugar, recebi a notícia com bastante preocupação. Eu diria perplexidade, porque é atípico. Não vou tecer um juízo de valor, porque desconheço a dinâmica do processo. Não vou condenar nem absolver os policiais. Mas eu entendo que poderiam ter atirado para cima, afugentar os cavalos, ou pedir ajuda a peões das fazendas, que têm manejo de laçar e levar os animais para um local seguro”, afirma Clarismino Luiz Pereira Júnior, presidente Comissão de Direito Ambiental da OAB de Goiás.

O presidente afirma que, no primeiro momento, a atitude é “condenável”. Ele fala ainda sobre o problema da ausência de serviços de apreensão, transporte e cuidado de animais em rodovias que não possuem concessionária administrando.

O flagrante

Nas imagens, feitas na BR-060, próximo ao município de Rio Verde, em Goiás, mostram um animal já morto enquanto um agente policial dispara vários tiros contra o outro cavalo que tenta fugir desesperado. Enquanto isso, é possível ouvir as críticas indignadas do homem que flagra o crime.

“Isso aí é o que a PRF está sabendo fazer. Policial está entrando aqui para matar cavalos. E ainda tem coragem de virar e falar que ama os animais”, condena o autor do vídeo. “Que covardia!”, grita outra pessoa ao fundo das imagens.

 

 

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>