• Home
  • Crocodilo é covardemente arrastado antes de ser morto na China

Crocodilo é covardemente arrastado antes de ser morto na China

Crocodilo arrastado em rua chinesa

0 comments

Um homem foi visto arrastando um crocodilo em uma rua movimentada no Nordeste da China.

Crocodilo arrastado em rua chinesa
Foto: Huanqiu/People’s Daily

A cena de crueldade infligida ao animal, de 4,9 pés de comprimento, atraiu dezenas de espectadores na cidade de Shenyang, reportou a Huanqiu, uma publicação afiliada ao People’s Daily.

Como se não bastasse a situação extremamente abusiva, o explorador do crocodilo, proprietário de barraca de alimentos, mais tarde o assassinou e o transformou em um kebab.

Imagens divulgadas na internet mostram o crocodilo sendo arrastado e andando com as patas traseiras.

Muitos espectadores se aproximaram para fotografar este absurdo ao invés de procurarem autoridades para denunciá-lo.

O comportamento terrível do homem tem sido criticado por organizações de direitos animais.

Crocodilo foi morto por explorador e transformado em kebab
Foto: Huanqiu/People’s Daily

Mimi Bekhechi, diretora de Programas Internacionais da PETA, disse ao Daily Mail: “Eles são animais inteligentes e curiosos que sentem dor e medo, assim como nós. Devido aos seus metabolismos lentos, podem ser necessárias várias horas agonizantes para que morram depois que suas cordas espinhais são cortadas com um cinzel”.

O crocodilo de aproximadamente 14 quilos foi criado em uma fazenda comercial de carne, de acordo com a reportagem.

O explorador o matou e colocou sua carne, transformada em kebaba, à venda. Segundo o Crocodile Specialist Group, a China e Hong Kong são os principais importadores da carne de crocodilo.

Aproximadamente 85% das exportações de crocodilo da África vão para a China, Hong Kong e Taiwan.

Kebabs feitos com carne de crocodilo
Foto: Huanqiu/People’s Daily

Na medicina tradicional chinesa, a carne de crocodilo é consumida na dieta medicinal para “fins de saúde”, apontou um especialista.

“O consumo de crocodilo como alimento tem sido bem documentado no livro da medicina chinesa para sintomas respiratórios relacionados ao frio, incluindo alergias nasais, tosse crônica e asma”, esclareceu Michael Chung, professor de medicina chinesa da Universidade de Hong Kong.

Ele acrescentou que a carne dos animais é normalmente misturada com outras ervas.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>