• Home
  • Investigação revela que pintinhos são espancados e enterrados vivos em granja

Investigação revela que pintinhos são espancados e enterrados vivos em granja

Pintinho descartado vivo em meio aos corpos dos seus companheiros

0 comments

 

Pintinho morto no chão de granja
Foto: Animal Equality

Câmeras escondidas expuseram um chocante abuso de animais em uma granja que cria pintinhos por sua carne no norte da Alemanha.

As imagens mostram pintinhos mortos e feridos ao lado daqueles que ainda estão vivos. Um funcionário do local utiliza um tipo de alicates para pegar um pintinho e caminha até ele, presumivelmente para matá-lo.

Animais feridos e debilitados são jogados em baldes e carrinhos de mão – alguns deles ainda vivos. Os filhotes são enterrados vivos sob pilhas de pintinhos mortos jogados em cima deles.

Uma cena particularmente perturbadora mostra um trabalhador repetidamente agredindo uma ave com a ponta de uma pá, ferindo-a gravemente e jogando-a em um recipiente de lixo enquanto ela ainda está viva. Doze horas mais tarde, o pintinho foi encontrado vivo por investigadores.

A organização de direitos animais Animal Equality tem prestado queixas contra a fazenda, segundo o Plant Based News.

“O pintinho tinha uma perna quebrada e uma de suas asas estava tão ferida que o osso saiu – presumivelmente devido à pesada agressão. Ele tinha sido deixado para morrer no carrinho de rodas em cima dos corpos de seus companheiros. Essa crueldade com um ser inocente e desamparado é simplesmente chocante”, diz Ria Rehberg, co-diretora executiva do grupo na Alemanha.

Pintinho descartado vivo em meio aos corpos dos seus companheiros
Foto: Animal Equality

Há um ano, uma galinha foi encontrada viva em um contentor em uma fazenda de Devon por investigadores da Animal Equality.

Ela foi resgatada e recebeu o nome de Gloria – uma sobrevivente. Sua notável história conquistou manchetes internacionais, mas agora devemos perguntar quantas aves são descartadas ainda vivas em granjas ao redor do mundo por causa da insistência cruel de humanos que ainda consomem produtos animais.

About the Author

Follow me


{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>