• Home
  • Veganismo em defesa dos animais

Veganismo em defesa dos animais

0 comments

A estilista Milleide Lopes do Casulo Moda Coletiva, que vende cosméticos veganos (Foto: O Popular)

A ideia principal do veganismo é a defesa dos direitos animais. Mais o que um discurso, é uma postura ética. O caminho natural de um vegano recém-convertido é prestar atenção nos rótulos dos produtos alimentícios, depois do tipo de roupa que usa (couro, lã e seda são substituídos por algodão, linho ou materiais sintéticos) até chegar aos produtos cosméticos.

“Acho que tudo isso faz parte de uma visão de mundo melhor. Mostrar que é possível consumir com mais consciência e saber que aquele produto não foi feito sem nenhum tipo de crueldade”, explica a estilista Milleide Lopes, do Casulo Moda Coletiva. Por lá são vendidos cosméticos veganos como xampus, desodorantes e tinta de cabelo que a estilista, apesar de não ser vegana, também utiliza.

Vegetariano há 13 anos, o designer Victor Leal Pontes, de 28 anos, vê no uso dos cosméticos veganos um ato de coerência com seu estilo de vida. “Quando decidi ser vegetariano, não havia opções de produtos veganos. Hoje, procuro utilizá-los assim como evito consumir leite e vestir coisas produzidas com couro. A perspectiva é consumir apenas aquilo que não faz mal aos animais”, explica Victor, que usa xampu e desodorante veganos.

Para ele, os produtos veganos, orgânicos e naturais têm uma série de vantagens sobre os convencionais. “São produtos mais leves, que incomodam menos e não provocam reações alérgicas, por exemplo”, afirma.

Fonte: O Popular

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>