• Home
  • Aviões militares aumentam angústia de animais explorados em zoo no Reino Unido

Aviões militares aumentam angústia de animais explorados em zoo no Reino Unido

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Reprodução/BBC

Um zoológico localizado no norte de Wiltshire (Reino Unido) tem alegado que os aviões militares de baixa altitude causam um grande sofrimento aos animais explorados no local.

Segundo o Studley Grange Farm Park e Zoológico perto de Wroughton, aviões sobrevoam a região até cinco vezes por dia e uma ovelha chegou a abortar após um jato sobrevoar o local em baixa altitude. Um veterinário apontou que a morte pode ter sido associada aos  seus níveis de estresse.

O Ministério da Defesa, que possui uma área em Amesbury, Wiltshire, disse que os voos de baixa altitude são essenciais para o seu treinamento, de acordo com a BBC.

Boscombe Down é um local de testes de aeronaves do Ministério de Defesa (MoD) e há uma grande área de treinamento militar em Salisbury Plain, de onde se originam os numerosos voos.

A gerente do zoo, Stewart, disse: “O cordeiro tinha acabado de morrer e acreditamos que foi uma consequência direta do voo muito baixo do avião”.

Ela afirmou que a ovelha ficou estressada e não queria dar à luz porque se sentiu ameaçada, resultando na morte do cordeiro dentro do útero.

“É terrivelmente perturbador quando uma ovelha aborta. Não há dúvida de que uma aeronave próxima pode estressar os animais e causar problemas, o aborto é uma possibilidade”, observou John Fishwick da Associação Britânica de Veterinários.

Ele declarou que recomendaria um exame post-mortem no cordeiro para procurar outras possíveis causas da morte, antes de chegar a uma conclusão.

Foto: Reprodução/BBC

Stewart diz que houve um aumento nos voos baixos em 2016 e isso tem impactado negativamente outros animais também. De acordo com ela, os jatos fizeram com que as cabras pulassem freneticamente sobre as cercas, com que os coelhos “congelarem” de terror e com que as suricatas se sentassem “se sacudindo”.

O Ministério da Defesa alega que leva muito a sério as preocupações sobre os voos.

“O Ministério da Defesa esforça-se para assegurar que essa perturbação seja mantida em um [nível] mínimo e que seja distribuída o mais uniformemente possível em todo o sistema de voos de baixa altitude do Reino Unido”, declarou o órgão.

Enquanto isso, como se não bastasse a angústia do cativeiro no zoo, os animais precisam suportar essa completa irresponsabilidade que ameaça suas vidas.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>