• Home
  • Aves exploradas para segurança no aeroporto de Viracopos (SP) são esquartejadas

Aves exploradas para segurança no aeroporto de Viracopos (SP) são esquartejadas

0 comments

Por Sophia Portes / Redação ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais)

Foto: Cedoc / RAC

Foram encontradas mortas quarto aves exploradas pelo Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, São Paulo, para evitar acidentes aéreos. Elas foram achadas no recinto onde ficam, próximo à base da Polícia Militar no terminal. Duas aves eram gaviões-asa-de-telha e as outras duas eram falcões-de-coleira, todas são predadores usadas desde 2010 para afastar a presença de aves das proximidades do aeroporto.

Após passarem 7 anos sendo exploradas, as aves foram encontradas com cortes de facão em seus corpos, todas tinham seus membros esquartejados e as cabeças decepadas. Um boletim de ocorrência registrou a crueldade praticada contra esses animais na Delegacia de Polícia Civil neste domingo (16).

As aves passavam por treinamentos e ficavam enclausurados em uma área de acesso restrito dentro do aeroporto. Elas eram do serviço de falcoaria, prestado pela empresa Falco Brasil Serviços Ambientais. Segundo o registro feito na delegacia, o sócio Vitor dos Santos foi alimentar os falcões e gaviões quando encontrou as portas arrombadas e as aves mortas.

Um inquérito foi aberto pela Polícia Civil para investigar o crime ambiental. A empresa afirmou que o serviço não será interrompido durante as investigações.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>