• Home
  • Casos de Farra do Boi marcam feriado religioso em Santa Catarina

Casos de Farra do Boi marcam feriado religioso em Santa Catarina

1 comments

Por Renata Leite | Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Operação policial deteve 14 pessoas em flagrante. Foto: Divulgação/ Hora Santa Catarina

Neste fim de semana, a Polícia Militar de Governador Celso Ramos, em Santa Catarina, recebeu uma denúncia anônima informando a realização de uma Farra do Boi na região litorânea de Gancho do Meio.

Segundo o coronel Araújo Gomes, comandante da 11ª região DP, os agentes que se deslocaram até o local foram recebidos com hostilidade por aproximadamente 150 pessoas que participam da ação ilegal. Os policias e as viaturas foram atingidos com objetos.

Para conter os farristas foram necessárias as intervenções do Batalhão de Operações Especiais (Bope), fora o reforço do Patrulhamento Tático de Biguaçu e um helicóptero Águia, que já estavam no local.

O boi explorado e maltratado durante o episódio estava gravemente ferido e as autoridades locais optaram pelo sacrifício do animal.

Outra ocorrência

Ainda neste fim de semana, uma segunda ocorrência de Farra do Boi foi registrada na cidade. Durante a operação foram detidas 14 pessoas. O boi foi resgatado e levado pela Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc).

Arcaísmo e maldade

A Farra do Boi é considerada uma atividade folclórica e cultural onde os participantes usam o ritual de flagelação e tortura mental ao animal supostamente em memória à Paixão de Cristo, no qual o boi é visto como Judas.

Desde 1997 a Farra do Boi é enquadrada como crime no estado de Santa Catarina. No ano seguinte em decorrência da Lei Federal nº 9.605 de Crimes Ambientais, o manifesto foi proibido no país inteiro.

Mesmo com o aumento de campanhas de conscientização pelos ativistas de proteção animal, o cortejo ainda ocorre ilegalmente na região Sul.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Esses monstros torturam o boi porque são sádicos, e quando estão fazendo isso, nem se lembram de Cristo ou de Judas. E, com certeza, se estivessem lá naquela época, teriam feito com Cristo o mesmo que fazem com o boi.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>