• Home
  • Ativistas fazem petição para salvar macacos indianos considerados “vermes”

Ativistas fazem petição para salvar macacos indianos considerados “vermes”

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Deccan Chronicle,

A Dhyan Foundation, uma organização de caridade espiritual, emitiu um apelo urgente para que mais pessoas assinem uma petição no Change, “para tomar medidas contra a máfia terrestre e os caçadores e para preservar nossas florestas e animais”.

Os animais referidos neste caso são os Macacos Rhesus do Estado de Himachal Pradesh, na Índia, que em abril de 2016 foram declarados “vermes” por um ano pelo Ministério do Meio Ambiente.

Com isso, o propósito do governo era assumir o controle da população de animais, assassinando-os covardemente.
A notificação oficial emitida na época argumentava que os animais provocam danos a áreas florestais utilizadas para agricultura.

Ativistas pelos direitos animais ficaram horrorizados e declararam que a decisão transformou o assassinato dos pobres primatas em um algo “livre para todos”, depois de anos em que os macacos foram caçados, torturados e capturados pela indústria da carne.

“Por quê? Só porque eles se mudaram para nossos habitats em busca de comida, abrigo e água, tudo o que nós destruímos para nossa conveniência? Porque eles lutam para defender seus bebês de nós?”, questionam os autores da petição iniciada pela Dhyan, Foundation.

A fundação já havia lançado sua iniciativa “Ajude um Macaco”, “ajudando a causa dos macacos, alimentando-os, longe da habitação humana e criando um ambiente harmonioso para humanos e macacos”.

Além disso, o grupo explicou que os infratores deste caso não são os macacos, “mas a máfia e os funcionários que não fazem nada para interromper a máfia e aceitam subornos para olhar para o outro lado”.

De acordo com um artigo publicado no The Times of India, a decisão fez com que a ministra da União, Maneka Gandhi, uma ativista pelos direitos animais, fizesse uma denúncia veemente contra o desejo de matar do Ministério do Meio Ambiente.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>