• Home
  • Leão explorado por circo desfruta da liberdade ao lado de leoa resgatada de zoo

Leão explorado por circo desfruta da liberdade ao lado de leoa resgatada de zoo

2 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Chloe Breakwell

Chloe Breakwell é uma veterinária de 26 anos que dedicou sua vida a salvar animais no meio de um deserto. Entre seus pacientes favoritos está um casal de leões que se apaixonaram após serem resgatados: Simba e Bella.
Após graduar-se em Melbourne, Austrália, Breakwell começou a usar seu conhecimento para salvar animais selvagens na África e ao redor do mundo.

“Tenho trabalhado e oferecido meu tempo de forma independente este ano, tentando obter tanta experiência com a vida selvagem quanto possível – particularmente na África”, disse.

Estar nas trincheiras com animais feridos e doentes também significa ficar bastante ligado a eles. Em abril de 2016, Breakwell passou muito tempo com um leão chamado Simba e os dois formaram uma relação especial, segundo informações do The Dodo.

“Conheci Simba quando estava trabalhando com a equipe veterinária no Lilongwe Wildlife Center no Malawi. Imediatamente, me apaixonei por ele e mais ainda depois que ouvi a história de como ele foi morar lá”, conta ela.

Simba, que nasceu em um zoológico francês em 2005, foi resgatado de um treinador de animais em 2012. Ele vivia em um pequeno caminhão e só tinha acesso ao ar fresco e a exercícios, porém, em uma jaula, enquanto o caminhão era limpo, de acordo com o Lilongwe Wildlife Center.

Foto: Reprodução, Youtube

Eventualmente, as autoridades da França ordenaram a libertação de Simba e ele foi levado para Lilongwe em 2014.
Durante o treinamento em Lilongwe, Breakwell cuidou diretamente de Simba durante um check-up de saúde e administrou medicamentos para uma condição resultante do tempo que o leão foi mantido em cativeiro.

“Ele é um leão mais velho e tem os sinais de um passado difícil, mas ama caminhar ao redor e encontrar os pontos mais ensolarados para se deitar. Não há dúvida de que Simba tem sido um paciente muito memorável, sua natureza gentil, combinada com sua presença impressionante e seu passado doloroso, o tornam verdadeiramente único e especial”, disse Breakwell.

Apesar de conquistar Breakwell, o coração de Simba pertence à leoa Bella, que foi morar no santuário em 2009. Bella foi a primeira leoa a entrar em Lilongwe, e também tem um passado infeliz. Ela foi resgatada de um zoológico romeno, onde viveu completamente sozinha durante anos. Tudo mudou quando ela conheceu Simba.

“[Simba] e Bella são quase sempre encontrados juntos e são os melhores amigos. Ele é muito protetor com ela. Eles são os únicos dois em seu recinto e passam seus dias juntos. Tenho que dizer, [Simba] e Bella são, sem dúvida, as estrelas de [Lilongwe] e a dupla favorita de todas”, relatou Breakwell.

“Simba tem uma vida muito relaxante agora e é livre para fazer o que lhe agrada em seu enorme recinto. Isso é, claro, se estiver tudo bem com Bella. Foi uma honra absoluta trabalhar com [Simba]. Saber que ele foi salvo de uma vida tão horrível para viver seus dias livre e voltar para a África onde ele pertence me traz tanta felicidade e eleva minha fé nas pessoa”, completou.

Embora ficar com grandes felinos possa parecer um trabalho dos sonhos, a tarefa é desafiadora e nem todas as histórias terminam tão bem, como qualquer profissional médico sabe. Durante seu período na África, Breakwell tratou muitas vítimas da caça e do comércio dos animais selvagens.

Porém, ela também compartilhou alguns momentos carinhosos com animais recém-nascidos feridos e doentes que eventualmente irão se juntar a suas mães na natureza, quando se recuperarem. No geral, Breakwell encontra consolo nos finais felizes.

“Pode ser emocionalmente desafiador trabalhar constantemente com tantos casos de abuso animal, então uma história feliz como a de Simba é realmente edificante. Especialmente quando tantas pessoas contribuíram para lhe proporcionar uma vida melhor”, aponta.

“Acredito que quase todos os veterinários concordam que as recompensas do trabalho ultrapassam em muito qualquer desafio. Tenho amado cada minuto disto e me sinto muito sortuda por estar em uma profissão tão diversa e repleta de oportunidades como a minha”, finaliza.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. No vídeo dizem que a leoa é idosa. E que o leão está no seu auge. His prime. Mais jovem do que ela. E aqui na matéria dizem que ele é velho. Alguém se enganou. Tambem nada disseram sobre a Fundação Born Free, mas que está envolvida. O video foi feito pela Born Free. A matéria deveria ter mencionado isso. É uma bela história.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>