• Home
  • Fuzileiros navais removem tartarugas de seus habitats e ameaçam sua sobrevivência

Fuzileiros navais removem tartarugas de seus habitats e ameaçam sua sobrevivência

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Care2

Fuzileiros navais removerão 1500 tartarugas- do-deserto de seu habitat no deserto de Mojave, na Califórnia (EUA).
O projeto de US$ 50 milhões foi suspenso em 2016, depois que o Centro para a Diversidade Biológica apresentou um aviso legal alegando que a análise ambiental exigida era insuficiente.

O aviso foi encaminhado ao Serviço de Pesca e Vida Selvagem (FWS) e ao Departamento de Gestão de Terras (BLM) para que os órgãos verificassem o risco potencial da transferência para as tartarugas, que estão listadas como espécies ameaçadas.

Sua remoção deixará aproximadamente 88 mil hectares do deserto para o Marine Corps Air Ground Combat Center em Twentynine Palms, segundo o World Animal News.

Quando o FWS determinou que a relocação não iria prejudicar os animais, os fuzileiros navais concordaram em proteger as tartarugas durante e após o transporte.

No final de março e início de abril, a espécie sai do estado de hibernação. De acordo com o Care2, as tartarugas serão transferidas de helicóptero, pelo BLM, para a Ord-Rodman Critical Habitat Unit em terras federais localizadas a cerca de 100 quilômetros de distância.

Ativistas pelos direitos animais manifestaram preocupação com a realocação porque as tartarugas, que são conhecidas por viverem mais de 80 anos, perderão cerca de 140 quilômetros quadrados de habitat e se mudarão para uma área onde sua população tem diminuído.

“Esta é a maior translocação de tartarugas no Deserto de Mojave e eles estão movendo-as para áreas onde as tartarugas têm morrido e nós não sabemos por quê”, disse Ileene Anderson, bióloga da CDB.

Especialistas em meio ambiente também teriam alertado que, “com base em casos anteriores de realocação, metade das tartarugas-do-deserto pode morrer em três anos porque não conseguirão encontrar ou cavar tocas subterrâneas que as abriguem e protejam-nas dos predadores”.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>