• Home
  • Denúncia: vereador encomenda pergaminhos artesanais em peles de cabra ou carneiro

Denúncia: vereador encomenda pergaminhos artesanais em peles de cabra ou carneiro

0 comments

Reprodução | Facebook

Segundo uma denúncia, o presidente da Câmara de Mogi das Cruzes (SP), o vereador Pastor Carlos Evaristo (PSD) teria aprovado um processo licitatório para a aquisição de 50 diplomas artesanais com pergaminhos em peles de cabra ou carneiro no valor de R$ 18.500,00.

Um ativista da causa animal enviou uma nota de repúdio a esse ato:

“O Presidente da Câmara de Mogi das Cruzes o Sr. Pastor Carlos Evaristo homologou licitação para aquisição de 50 Diplomas artesanal em pergaminho legitimo de pele de cabra ou carneiro pelo valor de R$ 18.500,00.

Questionei o presidente sobre a licitação e fui informada que é uma TRADIÇÃO da Câmara Municipal de Mogi das Cruzes, ressaltou ainda que no começo do meu mandato em 2013 recebi o pergaminho, entretanto não tinha a informação de que os pergaminho são feitos com pele de cabra ou carneiro.

Em relação a tradição, no Brasil a própria experiência humana, mostra que a conduta de exploração animal, pode ser mudada e transformada para uma cultura abolicionista, com tendência biocêntrica, na qual, não será mais o homem o centro da natureza, mas a própria vida. À exemplo, vislumbra-se o crescente aumento do número de pessoas que se dizem defensoras dos direitos dos animais e da vida, e que assim, mudam radicalmente seu hábitos alimentares, tornando-se veganas, abolindo o uso de produtos que foram feitos de partes ou testados em animais, boicotando ambientes que utilizam animais para o entretenimento, como circos, rodeios e zoológicos, dentre tantas outras atitudes. Além de provar que a “necessidade”, também não é capaz de justificar a exploração e morte de animais.
Um gasto desnecessário, e ainda com o uso dos animais para um simples mimo aos vereadores incentivando o sofrimento em detrimento da soberba e capricho dos humanos”.

Entramos em contato com o vereador Pastor Carlos Evaristo através de sua página no Facebook, mas até o fechamento desta publicação não obtivemos resposta.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>