• Home
  • Cão frequenta escola há 16 anos e é amado por alunos

Cão frequenta escola há 16 anos e é amado por alunos

1 comments

Por Janaína Fernandes | Redação Anda – Agência de Notícias de Direitos Animais

Cão vive na escola ha 16 anos | Foto: Reprodução G1

Há 16 anos, Amarelo, um cão que vive em Uruguaiana, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, alegra o dia a dia dos alunos da escola estadual Dom Hermeto. Durante todos esses anos, o cão passeia pelos corredores da escola todos os dias.

O diretor, Adair Vicente da Campo, conta que o cão marca presença em diversas horas do dia na instituição: “Ele é uma presença frequente todos os dias. Manhã, tarde e noite. Com o tempo, a gente foi verificando que inclusive no sábado ele se apresentava na frente do portão esperando que houvesse aula. Acabou que os alunos simpatizaram com ele, e ele acabou se inserindo no contexto da escola”, contou.

Muitas vezes mais frequente que até os próprios alunos, Amarelo participa das aulas também, como conta o professor de geografia, Miguel Fábio da Silva: “Ele tem uma predileção por algumas salas. Eu não vejo problema nenhum [em dar aula na presença do animal], até porque ele é bem mais frequente que muitos alunos aqui também”, brincou. Além de ser um companheiro para os alunos, o cão possui um ótimo comportamento: “Ele se comporta, não atrapalha nada. Ele se comporta melhor que muita gente”, comenta a estudante do 7º ano Maria Rita da Costa.

Cão vive na escola ha 16 anos | Foto: Reprodução G1
Alunos pagaram tratamento do cão | Foto: Reprodução G1

Em 2016, quando Amarelo precisou fazer um tratamento veterinário, os alunos fizeram questão de arrecadar dinheiro para ajudar o animal. Hoje em dia, além de ser vacinado, o cão toma remédio e tem uma coleira de identificação, com dados da escola. De acordo com Taiele Costa Amaral, aluna do 6º ano, os alunos ficaram apreensivos quando Amarelo ficou doente: “O Amarelo é muito especial pra nós. Ele é o mascote, ele é tudo. Quando ele estava mal, a gente ficou muito mal também”, revelou.

O animal se tornou o mascote da escola. Em um concurso de talentos da escola, as crianças desenharam Amarelo, e o vencedor, teve o sua representação pintada no muro da escola.É mais do que afeto, é aprendizado também. Os professores aproveitam o carinho dos alunos, para incentivar o respeito aos animais: “A questão do espírito da solidariedade e também que os animais merecem respeito. A gente tem conseguindo passar isso para os alunos, e isso é muito bom”, conclui o professor Miguel.

About the Author

Follow me


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. EBA…..MAIS UMA HISTÓRIA LINDA QUE RESGATA O QUE O SER HUMANO AINDA TEM DE MELHOR: A CAPACIDADE DE AMAR E SER SOLIDÁRIO INDISCRIMINADAMENTE.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>