• Home
  • Vitória: Madrid aprova lei que proíbe exploração de animais em circos

Vitória: Madrid aprova lei que proíbe exploração de animais em circos

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto; Positivfr

Madrid, a maior cidade e capital da Espanha, acaba de aprovar uma lei que proíbe circos que exploram animais, juntando-se 380 a outras cidades espanholas que fizeram o mesmo.

A proposta foi apresentada por Ahora Madrid – o partido político de esquerda do qual o prefeito da cidade é membro – e o SPSOE (Partido Socialista da Espanha). A lei também recebeu o apoio do partido centrista Ciudadanos, mas não obteve o voto do Partido Popular, o principal partido de direita.

Este é um avanço incontestável para os direitos animais.

“Esta medida tomada por Madrid é histórica, uma decisão incrivelmente importante e um símbolo para o bem-estar dos animais, não apenas na cidade, mas em todo o país. A sociedade está claramente exigindo o fim dessas práticas obsoletas que causam sofrimento animal e as instituições finalmente estão começando a agir, apesar de não terem feito nada por dois anos”, declarou Marta Merchan, coordenadora do site espanhol InfoCircos, que luta contra os maus-tratos de animais selvagens utilizados em circos.

Foto: Inhabitat

A decisão em Madrid faz parte de um movimento maior contra o uso de animais em circos que tem ganhado cada vez mais destaque.
Em nível nacional, Catalunha aprovou uma lei que proibiu a prática em seu território em 2015. Em seguida foi a vez da cidade de Valença, onde a proposta foi apoiada por unanimidade. Várias outras regiões espanholas seguem a mesma direção, segundo o Holidog Times.

Como muitos norte-americanos, os espanhóis começaram a se tornar conscientes de que os circos são incompatíveis com a fisiologia dos animais. Conforme a Humane Society dos Estados Unidos apontou: “Não é mais aceitável transportar animais selvagens de cidade em cidade e mandá-los realizar acrobacias bobas, mas coercitivas”.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>