• Home
  • PETA afirma que investigação sobre vídeo de maus-tratos foi desonesta

PETA afirma que investigação sobre vídeo de maus-tratos foi desonesta

0 comments

Divulgação

A PETA (“People for the Ethical Treatment of Animals”, em português: “Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais“) está discordando da afirmação feita pela American Humane de que nenhum animal foi ferido durante a produção de “Quatro Vidas de Um Cachorro”, segundo informações do site Deadline. De acordo com a PETA, o relatório apresentado “deve ser recebido com ceticismo”, considerando o histórico do grupo.

A Instituição está pedindo ao American Human que divulgue o relatório escrito no dia do incidente envolvendo o pastor-alemão e o vídeo completo que os cineastas afirmam que viram.

No dia 19 de janeiro, o site TMZ compartilhou um vídeo dos sets de filmagem mostrando o cachorro sendo forçado a entrar em uma forte correnteza de água e quase se afogando ao fazê-lo. Assista:

Em uma declaração feita pela vice-presidente sênior da PETA, Lisa Lange, afirma:

“O novo relatório encomendado pela American Humane apenas confirma que houve pelo menos dois incidentes em que um cão foi aterrorizado, forçado a entrar na água, e nesse processo ele ficou submerso.

O AH [American Humane] é financiado pela Screen Actors Guild, o mesmo grupo que permitiu que 27 animais morressem durante a produção de ‘O Hobbit: Uma Jornada Inesperada’, então este estudo deve ser recebido com o ceticismo de que as falhas de longa data da AH garantem – da mesma forma que seria prudente um terceiro estudo sobre a ligação entre o câncer e cigarros encomendado pela indústria do tabaco.

Desde o dia em que o vídeo saiu, a PETA está pedindo a AH para liberar o relatório que foi escrito no dia do incidente”.

No último sábado (04/02), o American Humane concluiu que nenhum animal foi prejudicado durante a produção do filme e que o vídeo foi editado e postado fora de contexto.

Fonte: Cinema com Rapadura

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>