• Home
  • Ativistas pedem que empresa de jogos deixe de estimular uso de peles de animais

Ativistas pedem que empresa de jogos deixe de estimular uso de peles de animais

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/BBC

Ativistas pelos direitos animais escreveram para a empresa Games Workshop pedindo para a Warhammer não estimular o uso peles de animais por meio de seus bonecos em miniatura.

Certos personagens são pintados com peles de animais. Embora seja apenas plástico, os ativistas querem que isso mude. “Enquanto nós apreciamos o fato de eles serem ficcionais, envolvê-los no que parece uma réplica de um animal morto envia a mensagem de que usar peles é aceitável”, diz a PETA.

As estatuetas são vendidas principalmente na Games Workshop. Trata-se basicamente de um jogo de mesa em miniaturas. Você compra figurinhas, as pinta e, em seguida, batalha.

Existem dois universos – o Age of Sigmar, que é um mundo de fantasia e o Warhammer 40.000, que é situado no século 41. Mas a PETA argumenta que o fato de ser um mundo fictício não é desculpa para normalizar a crueldade animal.

“Os guerreiros endurecidos pela batalha são conhecidos por suas proezas marciais, mas usar peles de animais mortos não requer nenhuma habilidade. A pele não tem mais lugar em 2017 do que teria no ano 40 mil”, disse o grupo.

De acordo com a BBC, os ativistas disseram ter escrito para o CEO da Games Workshop, Kevin Rountree.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>