• Home
  • Defensores dos animais alertam para onda de sequestro de cães da raça pit bull

Defensores dos animais alertam para onda de sequestro de cães da raça pit bull

0 comments

Um dos filhotes sequestrados que foram recuperados. (Foto: Divulgação)

Um grupo de defensores dos animais em São Gabriel do Oeste (MS) estão alertando a toda a população para uma onda de sequestros a cães da raça pit bull que vem ocorrendo neste início do ano de 2017 no município.

Conforme divulgado pela protetora Gilvania Ramos Rossi, apenas neste mês de janeiro foram registrados na Polícia Civil de São Gabriel do Oeste quatro boletins de ocorrência de crimes contra cinco cães, sendo que quatro deles eram filhotes de 3 a 4 meses de idade.

De acordo com Gil, que também é escrivã da Polícia Civil, dos cinco animais sequestrados, apenas dois foram recuperados até o momento, onde a suspeita é que os sequestros estejam ocorrendo com a principal finalidade de se fazer dinheiro rápido com a venda dos animais, que também correm o risco de serem trocados em bocas de fumo.

Alerta

A Polícia Civil de São Gabriel está investigando os casos de sequestro a pit bulls no município e alerta que a compra de animais de origem duvidosa pode acarretar em crime de receptação, com pena de um a quatro anos de reclusão, conforme o artigo 180 do Código Penal.

Dicas de Segurança

Ninguém deseja ver o seu animalzinho triste, sofrendo ou passar por aquela sensação de inesperadamente não tê-lo mais por perto, então para evitar que o pior aconteça com aqueles que nos enchem de carinho e atenção algumas dicas de segurança básicas são essenciais e devem ser colocadas em prática na hora de proteger os anjinhos de quatro patas.

  • Não deixe seu animal sozinho na área frontal da residência, isso pode despertar interesse de bandidos;
  • Muito cuidado ao amarrar a coleira na porta de comércios;
  • Evite sair com o animal à noite, madrugada ou de manhã bem cedo, quando as ruas estão praticamente vazias. Segundo as estatísticas policiais, esses são os horários prediletos dos assaltantes;
  • Grave o número de seu celular na coleira do animal; em caso de fuga, facilitará a localização;
  • Não perca de vista seu cachorro em parques e ruas; em questão de segundos poderá notar falta dele;
  • Ao levar o animal para passear na rua, procure andar sempre no contra fluxo dos veículos, assim notará qualquer atitude suspeita promovida, principalmente, por bandidos travestidos de motociclistas;
  • Não deixe o animal sozinho dentro do carro enquanto você faz compras;
  • Já existe no mercado mini rastreador via satélite para ser acoplado em coleiras. Em caso de assalto, o tutor poderá rastrear o animalzinho, descobrir seu paradeiro e acionar a polícia;
  • Agora, se seu animal foi sequestrado, registre imediatamente Boletim de Ocorrência na delegacia mais próxima. Divulgue fotos dele em mídias sociais e espalhe cartazes nas ruas próximas do crime. Outra orientação importante é não oferecer recompensa. Essa atitude sujeita o tutor a trotes e até a ser vítima de falso sequestro.

Fonte: Veja Folha

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>