• Home
  • Resgatado após atropelamento, cão se recupera graças à solidariedade de desconhecidos

Resgatado após atropelamento, cão se recupera graças à solidariedade de desconhecidos

0 comments

Foto: Reprodução / Heather Russell

Quem vê o sorridente Charlie hoje, nem imagina que há menos de duas semanas ele estava à beira da morte, abandonado e muito machucado na neve. Mas, felizmente, ele ganhou vários amigos e motivos para sorrir.

Logo no comecinho do ano, no dia 11 de janeiro, o cão foi atingido por um carro em uma rua em Cabarrus County, na Carolina do Norte, Estados Unidos. A pessoa que atropelou Charlie não parou para prestar socorro. Então, o cão ficou machucado na beira da estrada, na neve.

Felizmente, duas pessoas, caminhando pelo local, encontraram Charlie antes que ele morresse. Elas usaram seus casacos para aquecer o cão até que um motorista parou e se ofereceu para levá-lo para receber ajudar.

Foto: Reprodução / Heather Russell

Charlie acabou indo parar no hospital veterinário Animal Hospital Of Kannapolis. Apesar de estabilizado, logo ficou claro que ele ainda precisava de cuidados médicos maiores.

Além dos cortes e arranhões que sofreu com o atropelamento, um lado do osso da bacia (pelve) de Charlie tinha sido esmagado. A cirurgia era possível, mas custaria cerca de 4 mil dólares.

O tutor de Charlie não foi encontrado, se é que ele tinha um lar. Parecia que tudo estava perdido para o cão, porém algo incrível aconteceu.

Um parente de um dos bons samaritanos que ajudaram a resgatar Charlie da beira da estrada criou uma campanha on-line para arrecadar dinheiro para a cirurgia do cão. E em questão de dias, mais de 180 pessoas doaram a quantia necessária para ajudar o cachorro.

Para Heather Russell, assistente veterinária e uma apaixonada por animais, foi incrível ver tanta gente se juntando em prol da saúde do cão.

Foto: Reprodução / Heather Russell

Finalmente, Charlie pôde ter sua cirurgia, que foi ótima, e não parou mais de sorrir desde então. Ainda vai demorar um tempinho para que o cão esteja completamente curado, mas ele já está de pé.

“Ele está indo muito bem, se recuperando bem! Ele é um lutador e só quer andar por toda parte”, contou Heather.

Além de conseguir fazer a cirurgia e estar se recuperando bem, Charlie já tem uma lista de pessoas interessadas em adotá-lo.

E parece que a história de Charlie pode vir a ajudar muitos outros cães, pois agora Heather está usando o caso do animal para tentar fazer com que a Carolina do Norte tenha leis mais duras em relação a maus-tratos animais. Ela começou uma petição para tornar ilegal atropelar um animal e não prestar socorro.

Para assinar a petição e ajudar os animais de rua da Carolina do Norte, é só clicar aqui e adicionar o seu nome.

Fonte: Portal do Dog

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>