• Home
  • Cão Pirata da Lagoa da Conceição, em Floripa, é atropelado e precisa de ajuda

Cão Pirata da Lagoa da Conceição, em Floripa, é atropelado e precisa de ajuda

0 comments

Foto: Marco Favero / Agencia RBS
Foto: Marco Favero / Agencia RBS

O cão conhecido como Pirata, que vive no centrinho da Lagoa da Conceição, em Florianópolis (SC), foi atropelado na madrugada de quarta-feira enquanto dormia em uma calçada. De acordo com Julliana Botellho, uma das protetoras de Pirata, o fêmur do cachorro deslocou e a situação é complicada.

— Eu fiz uma coleira nele de identificação com meu telefone e da Fernanda, e me ligaram de manhã para avisar — conta.

Segundo Julliana, o motorista contou que não viu o animal na calçada e acabou estacionando em cima da pata dele. Ele prestou socorro e levou Pirata para uma clínica veterinária no Estreito, mas não tem condições de pagar o tratamento. Agora, as cuidadoras de Pirata estão fazendo uma mobilização nas redes sociais para arrecadar a quantia necessária para os cuidados com o animal.

— Estamos rezando para ele ficar bem, mas vai precisar de muitos cuidados, pedimos que todos que puderem nos ajudar entrem em contato.

Fernanda Chalegre, cuidadora de Pirata, diz que situação é grave:

— Ele não está conseguindo levantar, então nesse momento não vão fazer a cirurgia. O veterinário me explicou que estão fazendo exames neurológicos para ver se ele vai voltar a caminhar, mas ele já tem bico de papagaio, então complica _ lamentou.

Muito conhecido na Lagoa da Conceição, o SRD cor caramelo foi adotado pelos moradores locais. Todos dão água, comida e muito carinho para o cão, que chama atenção ao atravessar sempre as ruas pela faixa de pedestres. Até crachá de funcionário do posto de gasolina ele ganhou.

Moradores dizem que ele apareceu há nove anos pelo centrinho da Lagoa, sem o olho e com a ferida aberta. Naquela época, um médico do bairro fez a cirurgia e colocou uns pontos para cicatrizar. Ele teria se envolvido em uma briga com um pit bull.

Em 2013, o cão já havia passado por dois momentos difíceis: foi atropelado e mordido no pênis, mas conseguiu se recuperar.

Como ajudar:

Pirata está internado no hospital veterinário no Estreito (R. João Cruz Silva, 91). Pode ir lá acertar qualquer quantia, ou falar com a Fernanda Chalegre (99912-7629)

Fonte: Diário Catarinense

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>