• Home
  • Ovelha resgatada de condições deploráveis faz a mais doce surpresa aos seus salvadores

Ovelha resgatada de condições deploráveis faz a mais doce surpresa aos seus salvadores

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Facebook/Protest Westport Tenant Farm
Foto: Facebook/Protest Westport Tenant Farm

Se a ovelha Cleo não tivesse sido resgatada, provavelmente já estaria morta. Mas, felizmente, ativistas conseguiram salvá-la e tiveram uma surpresa que chegou bem a tempo.

Cleo foi resgatada de uma fazenda em Westport, Massachusetts, no que foi chamado de um dos piores casos de abuso de animais nos Estados Unidos. Mais de mil animais, incluindo ovelhas, vacas, porcos, galinhas, cães, gatos e galinhas foram mantidos em condições deploráveis na propriedade de 70 acres.

A ASPCA liderou uma operação de resgate que levou vários dias, envolveu mais de 45 pessoas e custou centenas de milhares de dólares. Kelly Mullins, diretora de cuidados animais do Catskill Animal Sanctuary, estava lá para ajudar a ASPCA enquanto o grupo evacuava o maior número possível de animais.

“Havia galpões dilapidados e lixo em toda parte. Tinha um cheiro horrível, comida em decomposição, não existiam muitas áreas seguras para os animais entrarem para se proteger da chuva ou das condições climáticas”, disse Mullins.

Foto: Catskill Animal Sanctuary
Foto: Catskill Animal Sanctuary

“A cerca era feita de equipamentos descartados, pedaços de cerca ao lado de barcos velhos. Muitos animais estavam muito desnutridos”, completou.

“Para alguns animais, os ativistas tinham chegado muito tarde. “Havia muitos corpos e ossos. É sempre chocante ver qualquer coisa assim porque não importa há quanto tempo você está envolvido com o resgate de animais, ainda é impossível acreditar que alguém iria tratar qualquer animal desta forma”, explicou Mullins.

A ASPCA providenciou que os animais fossem transportados para diferentes santuários e refúgios na área. O Catskill Animal Sanctuary levou em 130 animais, incluindo Cleo.

Como a maioria dos animais resgatados da fazenda Westport, Cleo estava desnutrida e abaixo do peso. Mas ela rapidamente começou a melhorar e a equipe do santuário começou a suspeitar que Cleo pudesse estar grávida. Quando os úberes de Cleo ficaram cheios, suas suspeitas foram confirmadas.

Foto: Catskill Animal Sanctuary
Foto: Catskill Animal Sanctuary

Em uma segunda-feira, na noite anterior ao nascimento do bebê de Cleo, Kellie Myers, coordenadora de saúde do Catskill Animal Sanctuary, levou Cleo para a enfermaria, sabendo que logo ela iria dar à luz. Então Cleo entrou em trabalho de parto.

“Ela exibiu todos os sinais – andando, deitando-se e depois se levantando e teve contrações. Mas quando nenhum bebê chegou às 4 da manhã seguinte, liguei para o veterinário, temendo que algo estivesse errado. Ela estava em trabalho de parto há muito tempo”, contou Mullins.

Foto: Catskill Animal Sanctuary
Foto: Catskill Animal Sanctuary

Rapidamente, eles levaram Cleo para o Hurley Veterinary Hospital em Hurley, Nova York. Lá, uma veterinária chamada Gillian Ferguson ajudou a ovelha a dar à luz dois cordeiros gêmeos. Infelizmente, o primeiro nasceu morto. Eles inicialmente pensaram que o segundo cordeiro estava natimorto também. Então o cordeiro se contraiu.

Mullins declarou: “A Dr. Ferguson disse: ‘Meu Deus, ele está vivo!’. E ela começou a trabalhar novamente, e ele começou a respirar e a fazer barulho”.

Foto: Catskill Animal Sanctuary
Foto: Catskill Animal Sanctuary

A equipe do santuário nomeou o cordeiro recém-nascido de Ferguson em homenagem à veterinária que salvou sua vida e provavelmente a vida de sua mãe também.

Cleo e Ferguson estão agora de volta ao santuário, embora estejam dentro da enfermaria enquanto Ferguson ainda é muito pequeno.
A mamãe e o filhote estão indo bem, de acordo com Mullins. Ferguson ganhou peso.

“Estamos todos muito felizes de ver esse pequenino menino vir ao mundo depois de tanto horror e dificuldades que sua mãe viveu e conseguir lhes oferecer um lar seguro e feliz para o resto de suas vidas. Isso nos tira da cama de manhã e nos incentiva, podemos pelo menos dar-lhes algo de bom”, Mullins acrescentou.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>