• Home
  • Centenas de pessoas fazem doações para salvar vaca de matadouro

Centenas de pessoas fazem doações para salvar vaca de matadouro

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Nottingham Post
Foto: Nottingham Post

Amantes de animais doaram milhares de libras para salvar uma vaca do matadouro após uma campanha de crowdfunding. Trish Boyko, de 52 anos, pediu a estranhos que a ajudassem a manter uma vaca de oito anos, Jean-Jeanie, depois que a propriedade em que ela morava foi vendida.

Ela inicialmente pediu £ 1500 para manter a amada vaca no local por mais 12 meses. Mas Trish foi ficou surpresa quando mais de 200 pessoas de todo o mundo reuniram-se para ajudá-la após se comoverem com a situação da vaca sem um lar.

Foram doados  £ 3500 para salvar a vida de Jean-Jeanie.

“A resposta [do público] foi incrível. Muitas pessoas dos EUA, Austrália e Hungria doaram. Eu não tinha ideia de que ela iria tocar os corações de tantas pessoas. A todos que doaram, tudo o que posso dizer é que não posso agradecê-los o suficiente. Tem sido estarrecedor”, disse Boyko.

“Ela me fez crescer e me desenvolver. Conheci muitas pessoas através dela. Acho que Jean não percebeu o quão popular é”, adicionou.

Com suas novas riquezas, Jean-Jeanie agora se mudou para uma fazenda em Long Eaton (Reino Unido), onde fica com outras vacas e está “mais feliz do que nunca”.

“Pela primeira vez nos oito anos de sua vida, ela está vivendo com outros animais. Ela é uma raça diferente, mas eles a aceitaram e ela faz parte da manada agora. Ela está muito feliz no momento e provavelmente temos dinheiro suficiente para o resto de sua vida agora, então há um final feliz”, acrescentou a tutora.

Além disso, um amante de animais decidiu doar uma quantia mensal para cobrir os custos dos cuidados de Jean-Jeanie.

“Eu queria fazer um pouco para ajudar. Senti uma espécie de afinidade com ela. Ela disse que 65 libras seriam suficientes para ela, mas eu disse que eu vou dar a ela £ 80 para os próximos 12 meses, embora provavelmente será mais do que isso, caso seja necessário”, contou Martin Sands, de 70 anos ao Mirror.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>