• Home
  • Milhares de gansos morrem após pousarem em água contaminada nos EUA

Milhares de gansos morrem após pousarem em água contaminada nos EUA

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Keith Myers/AP
Foto: Keith Myers/AP

Milhares de gansos-das-neves morreram depois que uma tempestade de neve forçou grandes revoadas a buscar refúgio  nas águas ácidas e repletas de metal de uma antiga mina a céu aberto em Montana (EUA).

Mark Thompson, gerente de assuntos ambientais da empresa Montana Resources (MR), disse que testemunhas descreveram o poço como “700 acres de pássaros brancos” em 28 de novembro.

Juntamente com a Atlantic Richfield, a Montana Resources é responsável pela Berkeley Pit em Butte. Desde 28 de novembro, funcionários da MR e da Arco usaram holofotes, geradores de ruído e outras ferramentas para assustar ou “atrapalhar’’ os pássaros para evitar que fossem para a água e impedir que outros aterrissassem.

As empresas estimaram que mais de 90% dos pássaros foram expulsos até 29 de novembro, disse Thompson. Trabalhadores receberam um aviso prévio sobre a revoada de um funcionário da Montana Resources, a cerca de 25 quilômetros de distância, que relatou que havia cerca de 25 mil gansos no céu em Anaconda, disse Thompson.

“Não posso sublinhar o suficiente quantas aves estavam na área de Butte naquela noite. Números além de qualquer coisa que já observamos em nossos 21 anos de monitoramento por várias ordens de magnitude”, disse Thompson.

Ele argumentou que os funcionários trabalharam duro para salvar os pássaros. Tipicamente, Butte tem entre duas mil e cinco mil aves durante todo o ano, incluindo a primavera e a migração aquática, disse Thompson.

O número estimado de mortes é baseado em voos de aviões e de drones sobre a mina, que possui cerca de 45 bilhões de litros de água.

Thompson disse que as agências federais e estaduais ainda estavam confirmando o número de gansos mortos. No entanto, a empresa esperava que o total seria muitas vezes maior do que os 342 pássaros que morreram em 1995, provocando um esforço de mitigação para proteger as aves da água tóxica.

As empresas iriam investigar para tentar determinar quais circunstâncias provocaram essa tempestade  e a migração tardia de milhares de aves que enfrentaram esse cenário em um momento em que Berkeley Pit tinha a única água aberta na área.

O professor Jack Kirkley da University of Montana Western, especialista em ornitologia, disse ao Montana Standard que os recentes invernos mais leves não estavam encorajando as aves a se dirigirem para o sul tão cedo e, em alguns casos, faziam com que algumas permanecessem em lugares onde nunca ficaram anteriormente durante a estação.

Ele observou que houve algumas preocupações que com a população de gansos-das-neves que era muito alta. A MR e Arco poderão ser multadas se a EPA determinar que as empresas não estavam em conformidade com o programa de pássaros, mas Thompson afirmou estar confiante de que os esforços foram adequados, de acordo com o The Guardian.

 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>