• Home
  • Leoas exploradas em circo por 8 anos vivem felizes em santuário

Leoas exploradas em circo por 8 anos vivem felizes em santuário

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Born Free
Born Free

Sonja senta-se em seus pés traseiros sobre um banco vermelho. Atrás dela, um homem segura uma vara com um pedaço de carne. A leoa alcança a carne, balançando a pata enquanto tenta equilibrar-se. Após aprender esse “truque”, a leoa seria forçada a executá-lo indefinidamente em uma arena de circo em frente a centenas de pessoas.

Ela e sua irmã Maggie foram exploradas pela Zircus Las Vegas, uma empresa de circo alemã, por oito longos anos. Além do que pode ser visto em duas fotografias antigas, não se sabe muito sobre a vida das duas irmãs no local.

No entanto, Tricia Holford, coordenadora do programa de resgate da Fundação Born Free, tem motivos para acreditar que ambas viveram em condições terríveis: “Além de apresentações regulares, ficaram o resto do tempo confinadas em um trailer “.

Born Free
Born Free

As leoas poderiam ter continuado assim por anos, talvez pelo resto de suas vidas, se não fosse por uma lesão no rabo de Maggie.

“Maggie teve uma ferida infectada em seu rabo”,  disse Sil Janssen, fundador e presidente do Natuurhulpcentrum, um centro belga de resgate de animais selvagens.

“Quando o circo recebeu uma inspeção das autoridades alemãs, eles foram avisados para cuidar do rabo. O inspetor voltou para verificar, a ferida ainda era crítica e o responsável pelos animais recebeu uma última advertência”, adicionou.

Embora não se saiba o que causou a lesão, Holford disse que provavelmente teve algo a ver com seu recinto: “Às vezes, os rabos são machucados em portas quando felinos grandes são transferidos de seção em seção. Normalmente há uma abertura sob as divisões metálicas ou em quartos fechados de zoológico e, se um animal se inclina contra a divisão, seu rabo pode se machucar”.

Em maio de 2013, as autoridades alemãs retornaram para uma última inspeção, mas o rabo de Maggie não tinha melhorado.

Born Free
Born Free

As autoridades resgataram Maggie e Sonja, juntamente com dois tigres abusados pelo mesmo circo. Todos os quatro animais receberam abrigo em Natuurhulpcentrum e a atenção médica que lhes faltava há anos.

Além da lesão de Maggie, um dos tigres tinha problemas em suas pernas traseiras e todos os quatro animais estavam desnutridos. Maggie teve a ponta do rabo amputada, mas se recuperou rapidamente.

Ainda que Sonja e Maggie tenham recebido cuidados excelentes no Natuurhulpcentrum, todos os envolvidos em seu resgate pensaram que elas seriam mais felizes na África.

Cerca de um ano depois, o Natuurhulpcentrum e a Born Free uniram forças para transferir as irmãs para Shamwari, um santuário de felinos grandes dirigido pela Born Free na África do Sul.

A viagem foi longa. Sonja e Maggie tiveram de viajar por dois continentes, trens, aviões e caminhões para chegar até lá. Mas quando finalmente alcançaram seu destino, tudo valeu a pena.

Born Free
Born Free

No santuário, as duas irmãs podem passear ao redor de seus grandes recintos  e não se espera que façam nada além de agir como leoas. De acordo com Holford, Maggie e Sonja amam sua plataforma panorâmica.

Elas também adoram passar o tempo uma com a outra. “Quando chegaram pela primeira vez a Shamwari, Maggie levava comida para Sonja. Ela comia um pouco da porção e então quando Sonja olhava para ela, deixava essa porção para ela e pegava outra, então elas se alimentavam juntas”, relatou Holford ao The Dodo.

As irmãs até fizeram um novo amigo, um leão macho chamado Jerry, sido resgatado de um zoológico romeno. Desde a sua chegada, Maggie, Sonja e Jerry vivem felizes no mesmo recinto juntos.

“Apesar de não poderem ser liberados na natureza, eles vivem em um grande recinto natural em sua casa ancestral da África. Uma vida longe das condições deficientes e miseráveis que sofreram no circo”, disse Holford.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>