• Home
  • Protetores denunciam tutor pela morte de seis cães em Votuporanga (SC)

Protetores denunciam tutor pela morte de seis cães em Votuporanga (SC)

0 comments

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Seis filhotes de cães morreram, misteriosamente, numa residência na Rua Paulo Moreti, Zona Norte de Votuporanga (SP). Revoltados com a cena chocante em que os cães foram encontrados, protetores de animais procuraram a polícia para registrar a ocorrência.

Segundo o protetor Leonardo Brigagão, o tutor dos cães disse que os ferimentos foram causados pelos próprios animais. “Não consigo aceitar que outros cachorros fizeram isso, sendo que são mansos. O tutor dos animais nega a crueldade por parte dele ou do irmão que mora junto com ele. Precisaria de provas contundentes para levar o caso adiante”, disse Leonardo.

Ainda segundo o protetor, o tutor possui histórico de violência contra animais. “Quero lembrar que há dois anos essa mesma pessoa chutou um filhote de gato contra parede, tendo eu que ir com a polícia ao local, onde fiz a denúncia. O gato foi às pressas ao veterinário e até hoje tem problemas neurológicos. Graças a Deus foi adotado”, diz.

Os protetores de animais da cidade dizem que mais casos, envolvendo o tutor dos cães mortos, já foram registrados. De acordo com Leonardo, que alega ter sido vítima de ameaças por parte do morador, outros animais foram vítimas de maus-tratos, cometidos pelo dito tutor, e a “justiça não é feita”.

“Em uma outra oportunidade, ele estava maltratando um filhote de cachorro que adotou de uma senhora. Mais uma vez fui com a polícia e retirei o animal dele. Essa pessoa já é um caso antigo. Tanto ele como o irmão vivem bêbados nas ruas da cidade e acredito que precisem de ajuda”, declarou o protetor. “Há quem diga que outros cães e gatos já morreram nas mãos dele, que continua adotando mais. Os cães que ele tem só são alimentados por que vizinhos dão o que comer, às vezes, protetores doam ração. Ontem, fui a polícia e registrei um boletim de ocorrência de maus-tratos a animais e apresentei 4 testemunhas”, disse.

O caso já foi passado para a Polícia Ambiental, que se comprometeu em ir até o local investigar.

Com informações de Diário de Votuporanga

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>