• Home
  • Onça fica tetraplégica após ser baleada por caçadores

Onça fica tetraplégica após ser baleada por caçadores

0 comments

Por Ana Luiza Yoneda / Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Veronica Cabrera
Foto: Veronica Cabrera

Quando essa pequena onça-pintada foi encontrada, sem conseguir se mover e sem sua mãe, um bom samaritano contatou as pessoas certas para ajudá-la. Veterinários descobriram que a onça era tetraplégica e, portanto, não podia mover suas pernas. Os profissionais tiraram um raio-x do animal para entender o que havia acontecido.

“Toda semana nós recebemos animais silvestres de todo o país que são vítimas da caça indiscriminada,” disse Veronica Cabrera, uma estudante de medicina veterinária da Universidade de São Francisco de Quito, no Equador. A onça estava sendo examinada por médicos no hospital veterinário para animais silvestres resgatados, TUERI.

Foto: Veronica Cabrera
Foto: Veronica Cabrera

“Não sabemos exatamente o que houve porque aldeões não querem dar informações, mas ela foi encontrada perto de uma plantação de palma sem a sua mãe. Nós supomos que elas estavam muito perto da plantação e foram baleadas”, completou.

Acredita-se que a onça de 11 meses de idade é mais uma vítima da caça. Veterinários descobriram 18 balas dentro do animal, sendo que dois desses tiros danificaram a sua coluna. Mas eles não desistiram dela e a batizaram de D’yaira.

Foto: Veronica Cabrera
Foto: Veronica Cabrera

D’yaira foi operada por Andrés Ortega e Gabriela Parra, mas algumas balas estavam muito encravadas em seus ossos para serem removidas.

“Eles tentarão outra cirurgia,” disse Cabrera, que afirmou também que eles acreditam que D’yaira precisará de cinco meses de fisioterapia no hospital antes que possa ser transferida para um centro de reabilitação de animais silvestres.

Foto: Veronica Cabrera
Foto: Veronica Cabrera

“Queremos que todos saibam de sua história para que as pessoas parem a caça,” contou Cabrera.

Mesmo tendo um longo caminho a percorrer, a onça já demonstrou alguns sinais de melhora. Dois estudantes de medicina veterinária a viram mover uma de suas pernas traseiras, segundo o The Dodo.

“Hoje ela consegue mudar de posição por conta própria, então aparentemente a cirurgia foi um sucesso. Ela está ficando mais forte”, comemorou Cabrera.

Nota da Redação: A caça é uma prática bárbara realizada por assassinos completamente impiedosos que sentem prazer em testemunhar o sofrimento e a morte de tantos animais. Esta onça foi mais uma vítima dessa covardia que provoca a extinção de tantas espécies valiosas. Embora ela tenha sobrevivido, precisará lidar com as sequelas psicológicas e físicas desta violência extrema que dizima tantas vidas inocentes.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>