• Home
  • Complicações na próstata e câncer de pele também afetam animais; saiba como identificar

Complicações na próstata e câncer de pele também afetam animais; saiba como identificar

0 comments

Divulgação
Divulgação

Depois do outubro rosa, de prevenção contra o câncer de mama, o novembro azul chama a atenção para problemas na próstata. Neste mês também é lembrado o dia de combate ao câncer de pele. Assim como nos humanos, as doenças podem causar complicações nos animais.

No caso da próstata, os problemas podem aparecer, principalmente, após os seis anos. Castração precoce e exames periódicos são as as melhores formas de prevenção.

“O tutor também deve observar alguns sintomas, como se o animal tem dificuldade para urinar, em pequenas quantidades, ou se urina com sangue”, diz o veterinário Mario Marcondes, diretor do Hospital Veterinário Sena Madureira, em São Paulo.

Em caso de suspeita de doença, o cão deve ser encaminhado a um especialista, que fará o exame de toque e encaminhará para exames, como ultrassom.

As complicações decorrentes do aumento da próstata podem ser tratadas com antibióticos, se houver infecção, e cirurgia, para o caso de hérnia. Já para os casos de câncer, o tratamento prevê cirurgia e quimioterapia.

Câncer de pele
Manchas avermelhadas ou lesões que não cicatrizam são os principais indicativos de câncer de pele no animal. Evitar deixar o animal no sol entre as 10h e as 16h e usar protetor solar são importantes para prevenir a doença.

Animais albinos ou de pelagem clara e rala são mais sensíveis ao sol – entre eles dálmatas, wippet e boxer. De acordo com Marcondes, o tutor deve optar por protetor solar específico para animais e proteger, sobretudo, as áreas mais expostas – como focinho, patas e barrigas.

“O protetor para animais também tem um gosto próprio, amargo, que desestimula o animal a ficar lambendo”, afirma o veterinário.

Campanha
Para marcar o mês, o hospital realiza o Novembro Azul Pet, e veterinários orientarão gratuitamente os tutores sobre detecção precoce do câncer de próstata e de pele.

Para participar, o tutor deve agendar um horário telefone (11) 5572-8778.

Durante a campanha, os tutores de animais serão orientados sobre como aplicar o protetor solar e como realizar o exame do animal, procurando nódulos e alterações na pele.

No caso dos machos, será realizado o exame de toque para palpação da próstata.

Fonte: Bom Pra Cachorro

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>