• Home
  • Bebê orangotango acorrentado por um ano desfruta da liberdade

Bebê orangotango acorrentado por um ano desfruta da liberdade

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

OIC
OIC

Este pequeno orangotango esperou quase um ano para que alguém aparecesse para salvá-lo.

Mingky era apenas um bebê quando  foi capturado perto da floresta da Indonésia onde morava. Como na maioria dos casos em que jovens orangotangos são capturados, sua mãe foi provavelmente morta antes de ele ser arrancado da natureza.

Não está claro o que aconteceu depois com Mingky ou onde ele esteve. Mas, em fevereiro deste ano, o homem que o sequestrou decidiu entregá-lo a um amigo que decidiu manter o pequeno orangotango acorrentado entre dois edifícios.

“Ele disse que queria o orangotango acorrentado em suas instalações para ser um entretenimento para sua família”, declarou Panut Hadisiswoyo, diretor e fundador do Orangutan Information Centre (OIC).

Mingky permaneceu nessas terríveis condições durante quase um ano, preso pelo pescoço a um parafuso na parede. Ele não tinha abrigo, apenas o concreto sob seus pés e o espaço entre os edifícios onde se encolhia e  abraçava o próprio corpo, ao invés do de sua mãe, para dormir.

OIC
OIC

O homem o alimentava com frutas e, se ele tivesse sorte, um pouco de arroz. Foi assim que Panut viveu durante grande parte de sua jovem vida. Todos os dias, as pessoas andavam próximas ao pequeno espaço onde ele estava, mas ninguém foi salvá-lo.

Até recentemente quando tudo finalmente mudou. Quando soube sobre seu caso, a OIC rapidamente contatou oficiais locais de vida selvagem para ajudá-lo, já que o tutor de Mingky estava violando a lei.

Juntamente com autoridades especializadas e policiais, a OCI resgatou o filhote entregue pelo homem que o mantinha nessas condições abusivas.

O homem também contou que seu amigo tinha capturado Mingky e os ativistas estavam determinados a fazer tudo o que podiam pelo orangotango. Naturalmente, ele morria de medo das pessoas depois de todo o sofrimento que enfrentou. Por isso, foi tranquilizado antes de ter a corrente ao redor de seu pescoço removida.

Embora a história de Minsky seja comovente e quase inacreditável, infelizmente, ele está muito longe de ser a única vítima do comércio ilegal de animais.

OIC
OIC

Se qualquer animal sofre com isso, orangotangos estão particularmente em risco, pois estão ameaçados de extinção pelas plantações de palmeiras que destroem seu habitat e pelo comércio de animais.  Pelo menos, para Mingky, os maus-tratos ficaram no passado e seus salvadores o acharam a tempo.

Embora ele não possa  recuperar a mãe que perdeu, o jovem orangotango está atualmente sob os cuidados do Sumatran Orangutan Conservation Programme (SOCP), onde está em quarentena antes de iniciar seu programa de reabilitação. Se tudo correr bem, ele será capaz de retornar à vida na floresta quando crescer, informou o The Dodo.

“Agora ele está em boas mãos. É extremamente importante que a nossa equipe consiga continuar monitorando situações de conflito e/ou partes florestais isoladas com orangotangos para que essas populações menores, mas ainda vitais não sejam perdidas”, disse a OCI.

Nota da Redação: A declaração do homem que obrigou Mingky a enfrentar essas terríveis condições mostra uma extrema frieza e falta de compaixão. Nenhum animal deveria ser arrancado da natureza para servir como um entretenimento. Felizmente, este orangotango foi libertado dessa crueldade, mas muitos animais não terão a mesma sorte.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. E nada aconteceu ao homem? Nem multa? Quando os protetores vão aprender que resgatar é importante, mas não é suficiente?

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>