• Home
  • Cachorro indefeso é alvejado por arma de fogo em Ponta Porã (MS)

Cachorro indefeso é alvejado por arma de fogo em Ponta Porã (MS)

0 comments

Divulgação
Divulgação

Mais uma vez a rede social Facebook é usada para ajudar a salvar a vida de um cachorro vitima de maus-tratos na fronteira, Mark Sukerberg deve estar orgulhoso da forma em que as pessoas se utilizam da rede para resgatar e salvar os animais na fronteira do Brasil com o Paraguai.

Esta ação de resgate e salvamento aconteceu no dia 7 de outubro, quando Laury Rocio por volta do meio dia, postou fotos em sua rede social pedindo ajuda para um cão abandonado que estava com a cabeça machucada e saindo secreção.

Na sequencia por volta das 13h o Dr. Marcelo Rezende presidente da ONG de proteção animal viu o pedido de socorro e diante “das cenas fortes, se propôs a ajudar”, por estar na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, ele pediu para Laury resgatar o animal e levar para o Centro Veterinário em Ponta Porã.

Por volta das 17h o cão chegou ao Centro Veterinário, trazido por Laury e Dona Beatriz, onde recebeu os primeiros socorros pelo Dr. Marcelo Rezende. A situação do animal era grave, estava com um olho perfurado e vários buracos na cabeça de onde saia muito sangue.

A reportagem do Clube de Imprensa acompanhou o procedimento, momento em que o animal foi sedado, pois estava com dor, recebeu curativo nas feridas, passou por coleta de sangue, exames de raios-X da cabeça.

Também foi feito a limpeza dos ferimentos, constatou-se que haviam quatro buracos , que atravessou o focinho e entrou pela boca, fazendo um grande abscesso no céu da boca, perdendo a visão do olho direito.

Nos exames foram constatado anemia e infecção, no raio-X deu abscesso intra oral. Suspeita-se que o animal sofreu atropelamento e tiro de arma de fogo calibre 22 o que ocasionou trauma facial.

O paciente continua internado na clinica e foi medicado com soro, anti-inflamatórios e antibióticos. O animal passara por enucleação, uma cirurgia para retirada do olho direito e deverá estar melhor em 10 dias, quando totalmente recuperado será colocado para adoção.

Fonte: Ponta Porã Informa

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>