• Home
  • Casal muda de vida para construir santuário para animais raros e ameaçados

Casal muda de vida para construir santuário para animais raros e ameaçados

0 comments

Por Ana Luiza Yoneda / Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Miles to the Wild
Miles to the Wild

Quando a maioria das pessoas está procurando uma casa, há diversas perguntas a considerar. É seguro? Eu terei condições de fazer minha vida aqui? Eu ficaria bem acordando todos os dias nesse ambiente? Se geralmente a beleza de um lugar inspira os visitantes a residir em um país, no caso de Anil e Pamela Malhotra, ocorreu o oposto. O casal, que estava visitando a Índia para o funeral do pai de Anil, ficou perturbado pelas terríveis condições em que a natureza se encontrava na cidade de Haridwar e estava determinado a fazer a diferença.

“Havia tanto desmatamento, a indústria madeireira estava dominando, e o rio estava poluído e ninguém pareceu se importar. Foi então que decidimos fazer algo para recuperar as florestas na Índia,” disse Anil ao India Times. O casal manteve uma ideologia parecida quando procurava por terras para se estabelecer. Ao invés de tentar localizar incessantemente uma terra de alta qualidade, em 1991, o casal conseguiu encontrar uma área de 55 acres que um fazendeiro estava vendendo porque não conseguia mais plantar ali. De acordo com Anil e Pamela, a terra estava um pouco destruída, mas claramente tinha potencial.

Miles to the Wild
Miles to the Wild

Nos últimos 25 anos, essa compra desencadeou várias outras, e hoje o casal possui 300 acres de terra estéril em Brahmagiri, uma área montanhosa nos Ghats Ocidentais, e passou seus dias reflorestando-a. A área é lar do santuário Save Animals Initiative (SAI), de Malhotra, o que se acredita ser o único santuário privado no país, com mais de 300 tipos de pássaros, como também espécies de animais raros e ameaçados.

Tanto Pamela quanto Anil amam a natureza desde a juventude e esse amor só cresceu quando eles moraram no Havaí antes de se mudarem para a Índia. “Foi quando aprendemos o valor das florestas e percebemos que apesar das ameaças do aquecimento global, medidas sérias não estavam sendo tomadas para salvar seu futuro,” contou Anil ao India Times.

Não há dúvidas de que os dois estão fazendo sua parte pelo meio ambiente. Quando descobriram que proprietários de terras no outro lado do riacho estavam usando pesticidas, eles decidiram comprar a área e parar com a destruição.

“Uma vez que compramos a terra, nós permitimos que a floresta se regenerasse. Plantamos espécies nativas onde foi necessário e deixamos que a natureza tomasse conta do resto,” disse Anil.

Por causa do bom estado da terra, os animais começaram a residir nela pouco depois de replantada. Pamela e Anil conseguiram assustar alguns caçadores, mas após montar armadilhas com câmeras, eles tiveram sucesso em manter a maioria das ameaças longe, segundo o One Green Planet.

A história inspiradora do casal teve um impacto tão grande na sociedade que o filme “SAI A Living Legacy” tem sido produzido para documentar o trabalho incrível.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>