• Home
  • Porcos feridos em acidente dividem momento tocante de solidariedade

Porcos feridos em acidente dividem momento tocante de solidariedade

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Andrea White
Foto: Andrea White

Desde o momento em que nascem, os porcos explorados pela agropecuária não conhecem nada além da dor. Arrancados de suas mães poucos dias após o parto, eles são colocados em galpões apertados com milhares de outros leitões.

Frequentemente, os animais são postos nessas condições miseráveis antes mesmo de terem a oportunidade de ficar ao ar livre. Eles passam a maior parte de suas vidas em jaulas que não permitem que consigam sequer virar seus corpos.

Forçados a ficar em poças com sua própria urina e fezes, eles são marcados com um número e recebem alimentos cheios de antibióticos para evitar doenças. Muitas vezes, a única vez em que estes animais veem a luz solar é de dentro do caminhão que os transporta para o matadouro, uma viagem que termina apenas com mortes, às vezes antes mesmo de chegar ao destino.

Recentemente, um caminhão que transportava porcos para um matadouro em Toronto, no Canadá, capotou e muitos animais ficaram feridos ou morreram devido ao impacto. Os porcos que conseguiram sair do local percorreram as proximidades do incidente em uma tentativa desesperada de fuga, porém funcionários do matadouro os cercaram e tentaram afastar ativistas pelos direitos animais.

Estima-se que cerca de 40 porcos morreram por causa do acidente. Outros foram feridos e levados para o matadouro. Amedrontados, fracos e feridos, dois porcos foram observados enquanto confortavam um ao outro perto do local do acidente. Em meio ao caos, tudo o que eles queriam era um breve momento de consolo e um segundo de cumplicidade e companheirismo.

O santuário Happily Ever Esther se ofereceu para acolher os animais, o que não foi autorizado pelos funcionários do local. Em vez disso, eles decidiram que os animais incapazes de caminhar para o matadouro deveriam ser assassinados ali mesmo, segundo o One Green Planet.

Embora este incidente isolado pareça incrivelmente cruel e rancoroso, ele é apenas um vislumbre da terrível crueldade da indústria agropecuária. Para os funcionários, estes porcos não eram dois seres que foram feridos e precisavam de um momento para respirar, mas eram simplesmente pedaços de cargas que foram deslocadas e precisavam ser transportadas da maneira mais fácil possível. Porém, esses animais não são coisas, mas sim vidas.

Muitas vezes, os porcos são vistos como sujos, estúpidos, mas, na realidade, eles são seres incrivelmente inteligentes e emocionais. Essa foto carrega uma mensagem ainda mais profunda e mostra como eles são seres complexos que sentem dor e merecem respeito.

Pelo menos, esta situação trágica denuncia a crueldade das fazendas industriais em plena luz do dia, onde pode ser vista por todos. Como Paul McCartney disse uma vez, “se os matadouros tivessem paredes de vidro, todos seriam vegetarianos”.

Nota da Redação: Este acidente ocorreu porque os porcos tiveram que suportar condições miseráveis para abastecer a indústria da carne. Se você ficou comovido com esta história e quer ajudar a salvar estes seres inteligentes e sensíveis, reveja seus hábitos e adote o veganismo. Somente quando não houver apoio a esta indústria tenebrosa, os porcos e outros animais poderão experimentar a felicidade e a paz.

 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>