• Home
  • Saiba como adotar cães e gatos em Goiânia

Saiba como adotar cães e gatos em Goiânia

0 comments

21
Divulgação

A compra de animais domésticos, em especial cães e gatos, pode parecer um ato de amor, mas as pessoas nem sempre sabem como funcionam os canis para reprodução destes animais. Considerando que em Goiânia existe um grande número de animais em situação de abandono e de rua, talvez adotar seja a melhor opção.

Os interessados em adotar um cachorro ou gato devem procurar o Centro de Controle de Zoonoses de Goiânia, por meio do telefone (62) 3524-3130 ou comparecer ao departamento, que pertence à Secretaria Municipal de Saúde. No local, o adotante deverá apresentar documentos pessoais e preencher e assinar um Termo de Responsabilidade pela adoção.

Na capital também existem diversos grupos de proteção animal e organizações não-governamentais (ONGs) que fazem o trabalho, totalmente voluntário, de resgatar animais da condição de rua, promovem tratamento veterinário, castração, vacinação, entre outros, para que quando os cães e gatos resgatados estejam saudáveis quando encontrarem um novo lar.

Entre os grupos está o Miau Auau, que tem site e páginas no Facebook e no Instagram. Os interessados deverão entrar em contato com os voluntários enviando um e-mail para grupomiauauau2015@gmail.com, informando que quer adotar um animalzinho.

Outra ONG é a Associação Protetora e Amiga dos Animais (Aspaan). Para adotar, é necessário ser maior de 18 anos, apresentar documentos pessoais e comprovante de endereço. Para ajudar o abrigo, os voluntários também pedem uma taxa de R$ 30 pela adoção, devido aos custos que a Associação teve com o animal. Além disso, os possíveis adotantes passarão por entrevista. Para entrar em contato, o interessado deverá mandar um e-mail para fernandasousasantos@msn.com. O grupo também possui página no Facebook.

O grupo Vida Lata também disponibiliza cães e gatos para adoção. Para entrar em contato, os interessados deverão acessar a página do grupo no Facebook ou mandar um e-mail para contato@vidalata.com.br.

Se não pode adotar, ajude
Todos os grupos de proteção e organizações não-governamentais são sustentadas através de doações. Todos os integrantes são voluntários, ou seja, não recebem para ajudar os animais resgatados e, na maioria das vezes, ainda acabam utilizando dinheiro do próprio bolso para custear contas em clínicas veterinárias, rações, etc.

Se você não pode adotar um animalzinho, mas ainda sim quer ajudar, faça sua parte doando a um grupo ou ONG. A doação pode ser feita em dinheiro, para auxiliar no pagamento de contas em clínicas veterinárias, ou em alimentos, como ração, sachês e tapes. Em todos os casos, é necessário entrar em contato com o grupo que receberá a doação para saber o que melhor ajudará.

Fonte: Diário de Goiás

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>