• Home
  • 'Adote um Ronrom' precisa de doações para continuar cuidando de animais em situação de risco

'Adote um Ronrom' precisa de doações para continuar cuidando de animais em situação de risco

0 comments

Aladdin é um dos gatos resgatados pelo projeto Foto: Divulgação
Aladdin é um dos gatos resgatados pelo projeto / Foto: Divulgação

O projeto Adote um Ronrom atua no resgate, tratamento e encaminhamento para adoção responsável gatos abandonados em Florianópolis. Mantido com a ajuda de voluntários e financiado por doações atualmente, o projeto, que cuida de 19 gatos, precisa de apoio financeiro para continuar cuidando e resgatando animais em situação de risco.

De acordo com a direção do Adote Um Ronrom a conta do projeto fechou no vermelho no mês de agosto. Para conseguir pagar os cuidados básicos dos gatinhos como alimentação, higiene e atendimento médico, o projeto precisa arrecadar doações.

Para ajudar o Adote Um Ronrom visite a loja virtual do projeto ou faça sua doação, de qualquer valor. O projeto disponibiliza a relação dos gastos de cada mês, na seção Prestação de Contas deste site.

Sobre o Adote Um Ronrom

O projeto foi fundado em 2013 e promove a adoção consciente e responsável dos gatos resgatados, visando sempre o bem-estar do animal. O espaço do Adote Um Ronrom conta com dois ambientes internos e um pátio externo totalmente telado, totalizando aproximadamente 60m². O ambiente interno conta ainda com quatro baias para a triagem dos gatos recém resgatados e um espaço reservado para os gatos com leucemia felina.

Para saber mais sobre o Adote um Ronrom visite a página do projeto no Facebook ou acesse o site.

Aladdin quando foi resgatado
Aladdin quando foi resgatado

Aladdin

Além dos gastos fixos, o projeto precisa arcar com as despesas do tratamento do gato Aladdin, diagnosticado com câncer no intestino no início do mês.

O Aladdin foi recolhido pelo projeto em fevereiro de 2016, no bairro Campeche. Ele estava muito magro, desidratado e com uma sutura na perna traseira esquerda, resultado de uma cirurgia. Com o passar dos meses Aladdin já estava totalmente recuperado, mas no final de agosto ele parou de comer e foi levado ao veterinário para fazer alguns exames, quando foi diagnosticando o câncer de intestino. Além do Aladdin, mais três gatos precisam de cuidados especiais, aumentando as despesas.

Fonte: De Olho na Ilha

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>