• Home
  • A adoção de Marta e outros cães resgatados na Rio 2016

A adoção de Marta e outros cães resgatados na Rio 2016

0 comments

A cadela Marta foi batizada em homenagem à jogadora de futebol da Seleção Brasileira (Foto/Divulgação)
A cadela Marta foi batizada em homenagem à jogadora de futebol da Seleção Brasileira (Foto/Divulgação)

Duas feiras de adoção foram realizadas pela World Animal Protection, em parceria com o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos. Os eventos contaram ainda com o apoio da Secretaria Especial de Promoção e Defesa dos Animais (SEPDA) e da Empresa Olímpica Municipal (EOM).

Todos os cães já estavam castrados, vermifugados e vacinados – prontos para uma nova vida ao lado de suas famílias.

A primeira feira de adoção aconteceu neste sábado (13), na Barra da Tijuca. O dia de sol forte não afastou os frequentadores da Praça do Ó, que visitaram e observatam com muito carinho os cães resgatados.

Entre eles, os nossos campeões Serena, a Daiane, o Phelps e a Marta.

Marta “vence” nos pênaltis

Apesar de muitas visitas, as horas foram passando e parecia que aquele não seria o dia de sorte deles.

Para nossa surpresa, assim como as nossas meninas do futebol feminino, que no último jogo acreditaram até o final, a vitória também veio aos 45 do segundo tempo. Ou melhor, nos pênaltis!

O casal adotou Marta no final da Feira de Adoção (Foto/Divulgação)
O casal adotou Marta no final da Feira de Adoção (Foto/Divulgação)

Faltando pouquíssimo para o fim da feira, a nossa craque Marta ganhou o prêmio máximo: um novo lar.

Carina Morais Souza Gomes e seu namorado já estavam com a intenção de adotar um animalzinho. Foi ela quem recebeu um telefonema de sua mãe, avisando sobre a feira de adoção. No fim da tarde, o casal foi até lá e recebeu uma recepção carinhosa da cadela de porte médio, a Marta.

Depois de brincar com ela, agradeceram a nossa atenção e se despediram. Quando já se afastavam a pé, a nossa equipe reparou que hesitaram. Ambos pararam e conversaram por algum tempo, ao longe, sempre olhando para trás.

A Marta estava na torcida. Nós também.

Com os olhos grudados no casal, foi quando começaram a voltar: iam adotá-la. Realizada a entrevista com os veterinários e preenchida a ficha de adoção responsável, a nova família foi embora feliz e cheia de história para contar. A Marta? Em êxtase, pulando ao lado dos seus novos tutores.

“Existem hoje muitos animais abandonados, eles precisam de um lar”, nos disse Carina, “fico muito feliz com esse trabalho”.

Famílias aumentam no Dia dos Pais

A filha prometeu ser muito responsável com a crianção da cadela (Foto/Divulgação)
A filha prometeu ser muito responsável com a crianção da cadela (Foto/Divulgação)

No domingo foi a vez do Grajaú. O bairro tradicional de casas recebeu a nossa equipe de braços abertos – foram muitas visitas aos animais e várias adoções de filhotes neste Dia dos Pais.

“Adotando podemos ajudar a reduzir a população de rua e é muito importante ter um cachorrinho perto da gente”, comentou Roberta Ortiz Nunes, que, juntamente com seu companheiro André Luiz Saturnino, adotaram um casal de filhotes.Os nomes escolhidos foram Sestra e Dexter.

Emily Natália Araújo, que tem apenas 10 anos, também concorda: “Adotando você pode encontrar um animal para ser seu amigo pelo resto da vida”. Ela e a família levaram para casa um filhotinho macho de cor preta. O nome escolhido para o novo amigo foi Inuyasha – ou “Inu”, para os íntimos.

Os filhotes serelepes fizeram sucesso: eram quatro pretinhos e uma fêmea branca. Essa foi a última a ser adotada. A professora Maria Izabel Correa Salgado adotou a filhotinha na companhia da filha. Foram intermináveis minutos de colo, carinho e promessas de responsabilidade de cuidar da nova moradora da casa.

Outra filhote, também fêmea, foi adotada por Marcia Regina Ramos. “Eu agradeço a oportunidade, gentileza, alegria de vocês e a atenção que eu tive aqui hoje”, disse ela, parabenizando a equipe no local.

Cães adultos ainda sonham com lar

Além das entrevistas, realizadas por veterinários para garantir a guarda responsável, quem adotou animais recebeu orientações completas sobre os cuidados, a saúde e a adaptação aos novos lares.

Cadela adulta esperando sua hora de ser adotada (Foto/Divulgação)
Cadela adulta esperando sua hora de ser adotada (Foto/Divulgação)

Ao final da feira de domingo, cinco filhotes tinham sido adotados. Nossos amigos adultos, todavia, continuam à procura de um lar.

Com muito espírito olímpico, nossos campeões não vão desistir: já está confirmada a realização de mais feiras de adoção no próximo final de semana (dias 20 e 21). Os locais serão confirmados ao longo desta semana.

Os cachorros que estavam na Feira de Adoção haviam sido resgatados de obras do Rio 2016 (Foto/Divulgação)
Os cachorros que estavam na Feira de Adoção haviam sido resgatados de obras do Rio 2016 (Foto/Divulgação)

Fonte: World Animal Protection

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>