• Home
  • Pit bulls são resgatados em enchente nos EUA

Pit bulls são resgatados em enchente nos EUA

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução / Facebook
Reprodução / Facebook

Milhares de pessoas foram evacuadas por causa de uma enchente que causou grandes estragos em Lousiana, nos EUA, destruindo centenas de moradias e contabilizando pelo menos 11 mortes. Entretanto, apesar de tanta devastação, histórias de esperança e heroísmo provam que nem tudo está perdido.

De fato, existem várias pessoas que acreditam que todas as vidas merecem ser salvas.

Enquanto procuravam por sinais de vida na área extremamente alagada de Baton Rouge, os voluntários Mike Anderson e Darrell Watson encontraram dois pit bulls lutando pela própria vida. Eles estavam em um local que já havia sido evacuado, mas os cães não conseguiram escapar sozinhos.

Anderson contou ao The Dodo: “Nós conseguíamos vê-los a distância. Eles estavam a quase 1,20 metros de profundidade e segurando em uma cerca para descansar. Ambos pareciam exaustos e fracos de lutar, estavam a aproximadamente 16 horas na água.”

O primeiro pit bull era apenas um filhote. Momentos depois, o resgate encontrou outro pit bull, uma fêmea, que também estava lutando para não ser levada pela água. Anderson não se importou com o fato de que ela era o tipo de cão que alguns poderiam achar perigoso – ela precisava da ajuda deles.

“Independente da raça do animal, nenhum deles merece ser deixado para lutar pela própria vida,” disse Anderson.

Ainda não é possível afirmar se os cães eram relacionados, ou onde eles moravam. Ambos tinham coleira, mas nenhuma placa indicando alguma informação.

“Não sei dizer se eles foram deixados para trás ou a família deles não teve tempo de levá-los,” afirmou Anderson. “A água veio muito rápido. Pelo menos agora eles estão a salvo.”

Enquanto Anderson e Watson retornavam para um ponto de extração com os cães, eles encontraram dois outros homens empurrando um barco carregado com seus pertences, com a água na altura do peito, e ofereceram para levá-los até a terra seca.

Depois, a dupla de homens concordou em levar os pit bulls até um funcionário de um abrigo de animais que estava nas proximidades. Eles até mesmo disseram que iriam cuidar dos cães pessoalmente se o abrigo estivesse cheio.

Assim, Anderson e Watson saíram para continuar procurando por pessoas e animais que estivessem presos na enchente; Anderson afirma que eles ajudaram cerca de 100 animais e humanos.

“De todas as pessoas que resgatamos, aproximadamente 30% tinha animais domésticos. A primeira pergunta que eles faziam era ‘posso levar os animais?’ e a nossa resposta sempre era “com certeza!” disse Anderson.

Clique aqui  se estiver interessado em doar alguma ajuda para os animais prejudicados pelas recentes enchentes.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>