• Home
  • Projeto Batalha Animal realiza campanha contra a exploração de cães como guardas

Projeto Batalha Animal realiza campanha contra a exploração de cães como guardas

0 comments

00
Divulgação

O cão é amigo e companheiro do ser humano desde os primórdios da civilização. Ele não deve ser explorado para guarda, nem como alarme, pois é um ser senciente que demonstra emoções (afeto, alegria, medo, tristeza, solidão), assim como outros animais.
A senciência dos animais já é fato comprovado cientificamente por muitos pesquisadores, inclusive pelo renomado neurocientista canadense Philip Low.

O uso de cães para guarda
O medo da violência tem feito muitas pessoas adquirirem cães para “guardar” suas residências, empresas, terrenos, sítios, etc.
É importante considerar que os cães não impedem assaltos nem invasões. Quem quiser invadir um local assim o fará com ou sem animais (muitos cães usados para guarda são envenenados ou mortos com tiros e armas brancas).

Cães nada podem fazer contra homens armados
Existem outras alternativas de segurança: guardas humanos, alarmes, cercas elétricas, câmeras, monitoramento de empresas. Segundo especialistas em segurança, para evitar assaltos é importante as pessoas terem cuidado ao estacionarem, entrarem e saírem de seus veículos e de suas casas…evitar permanecer dentro do carro enquanto esperam alguém, ter atenção nos faróis principalmente à noite.

É importante fazer algumas reflexões antes de adotar um animal
Gosto de animais? Tenho condições para cuidar de um animal? Tenho espaço adequado para ele? Tempo para cuidar? Condições financeiras? Tenho paciência para educar? Vou assumir o animal até o fim de sua vida (entre 14 e 18 anos aproximadamente)? Ou vou doá-lo depois de um tempo usando as seguintes desculpas: dá trabalho, gastos, vou mudar de residência, vou viajar, vou casar, vou separar, vou ter filhos, estou sem emprego. Pense bem antes de adotar um ou mais animas, pois eles dependerão de você pelo resto de suas vidas.

Para quem quer ter um amigo fiel, é bom saber um pouco mais sobre as características dos cães, estes seres tão fascinantes:
Os cães precisam de cuidados, atenção carinho, passeios, dão gastos, adoecem e envelhecem. Eles precisam de vacinas, vermifugação, boa ração, banho mensal e produtos que contribuem com sua saúde e bem-estar;
Cachorros não devem ficar confinados em locais pequenos nem acorrentados pois ficarão depressivos e neuróticos. Confinar animais configura maus-tratos (maltratar animais é crime!);
Cães adoram passear e explorar novos ambientes, eles devem fazer caminhadas, sendo conduzidos com coleira e guia pelo menos uma vez ao dia. É importante identificá-los com microchips e mantê-los permanentemente com coleira com plaquinha com telefone dos tutores, cidade e código, para facilitar sua devolução em caso de fuga;
Os cães são descendentes dos lobos que vivem em matilhas, por isso são seres sociais e não gostam de viver sozinhos. Eles precisam conviver com outros de sua espécie ou com humanos (que seriam os substitutos dos seus semelhantes);
Caso vivessem num grupo, soltos na natureza, ocorreriam brigas e o grupo se organizaria com alguns líderes (machos e fêmeas “alfa”, igual aos lobos). Porém em abrigos, canis ou outros ambientes fechados, esta organização é um pouco diferente, as brigas podem ser constantes e as lutas podem levar alguns animais à morte;
Para quem tem espaço, o ideal é a aquisição de um casal para que os animais não fiquem isolados e tristes, mas é importante a castração de ambos para evitar crias;
A fêmea deverá ser castrada antes do primeiro cio (5 meses aproximadamente) para evitar câncer de mama, de útero, e infecções uterinas (piometra). O macho sendo castrado evita-se hiperplasia na próstata e tumores no testículo;
A castração também evita a fuga dos animais em busca de cruzamento, nascimento descontrolado, abandono e morte de animais.
Não é aconselhável a aquisição de dois cães do mesmo sexo, mesmo sendo irmãos ou pais e filhos, pois quando os animais se tornarem adultos poderão ocorrer brigas pela liderança, disputa por comida e território (com raras exceções);
Caso precisem ficar algumas horas do dia presos, os animais deverão ficar em quintal ou canil seguro, com espaço adequado para que possam se movimentar livremente. O local deverá ter cobertura para abrigá-los da chuva, do frio,do sol, com água limpa e ração de boa qualidade, sempre disponíveis;
É importante a colocação de um estrado de madeira e um colchonete ou edredom macio para os animais não ficarem deitados no cimento duro e gelado. Isso pode gerar a formação de calos, reumatismo e pneumonia. No frio é importante a colocação de casinha(s) fechada(s) com cobertor. O local deve ser limpo no mínimo 2 vezes ao dia;

Quando e porque os cães atacam?
– Quando estão com medo, sentindo-se ameaçados ou quando ficam traumatizados e neuróticos por sofrerem maus-tratos (agressões físicas ou psicológicas, fome, sede, quando vivem isolados sem contato com pessoas e outros animais, acorrentados, ou confinados);
– Quando estão com desconforto físico ou com dor (fraturas, machucados, dores de ouvido, bicheiras, infestados de parasitas, sarnas. Cães atropelados também podem morder por estarem com dor e confusão mental, ao socorrê-los deve-se ter cuidado, pegá-los bem devagar e com cuidado;
– Quando alguém mexer em suas crias. Isto é normal, pois o mesmo faríamos caso algum estranho pegasse nossos bebês sem o nosso consentimento;
– Cães são territorialistas, alguns são mais do que outros, por isso eles defendem seus espaços assim como faríamos caso algum estranho invadisse as nossas residências;

Bem tratados os cães tornam-se animais equilibrados, alegres e dinâmicos
Adote um cão para ser seu melhor amigo e não explorado como alarme ou guarda. Procure em ONGs ou CCZs (Centros de Controle de Zoonoses) de sua cidade. Embora seja proibida a morte induzida em algumas localidades, todos os dias, milhares de animais ainda são mortos nos CCZs de muitas cidades do país, oficialmente ou às escondidas. Salve uma vida, ganhe um amigo muito especial!

Você tem direito de não gostar de animais mas tem o dever de respeitá-los. Maus-tratos contra animais é crime, previsto em lei federal 9605/98.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>