• Home
  • Turistas nadam com golfinhos antes de massacre anual no Japão

Turistas nadam com golfinhos antes de massacre anual no Japão

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Ruptly
Foto: Ruptly

Turistas e crianças brincam com golfinhos no mar de Taiji Cove, no Japão, apenas duas semanas antes dos pescadores locais começarem a terrível caçada anual, que dura seis meses, na qual centenas de golfinhos são mortos.

O vídeo, gravado no domingo, mostra cenas felizes em um cenário belíssimo na enseada, que se tornou conhecida pelas águas cor de sangue durante a temporada de caça, de setembro a março.

O evento teve repercussão mundial em 2009, quando foi lançado um documentário vencedor do Oscar, The Cove (A Baía da Vergonha), que incluía filmagens escondidas da matança dos golfinhos. Os caçadores usam arpões para ferir a coluna dos golfinhos que posteriormente morrem. Após o lançamento do documentário, ativistas pelos direitos animais de todo o mundo viajaram até Taiji para protestar contra a caçada.

Os pescadores locais defendem que a atividade é uma fonte de renda importante, e o governo afirma que as matanças fazem parte da cultura japonesa. Entretanto, ativistas argumentam que a caçada em Taiji só teve início em 1969.

Foto: cetajournal.net
Foto: cetajournal.net

A Ceta-Base, uma organização sem fins lucrativos que compila estatísticas das matanças durante cada temporada, relatou que o número de mortes diminuiu nos últimos anos. Na temporada de 2014-2015, 750 golfinhos foram mortos e este número caiu para 652 durante a temporada de 2015-2016, uma queda significativa em relação às 1.600 mortes registradas uma década atrás.

Nem todos os golfinhos capturados são mortos: alguns são vendidos para parques aquáticos. Um golfinho vivo vale cerca de 300 mil dólares dólares, de acordo com o Dolphin Project, conduzido por Ric O’Barry, ativista que participa do The Cove. Na última caçada, 117 golfinhos foram levados para viver em cativeiro.

A queda do número de mortes é atribuída ao crescimento das campanhas que destacam os perigos da contaminação por mercúrio na carne de golfinho vendida no Japão.

Nota da Redação: O massacre de golfinhos no Japão é uma das mais covardes crueldades contra esses belíssimos e inteligentes animais. Não há qualquer justificativa para esta prática. Os pescadores vêm tentando de forma agressiva impedir que a matança seja divulgada, mas cada vez mais as pessoas se revoltam e tomam conhecimento dessa chacina. O sofrimento físico e psicológico que os golfinhos enfrentam é vergonhoso para a humanidade.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>