• Home
  • Acusado de matar cão é condenado a prestar serviço comunitário no Rio Grande do Sul

Acusado de matar cão é condenado a prestar serviço comunitário no Rio Grande do Sul

0 comments

27
Divulgação

O homem acusado de dar um chute que resultou na morte de um cachorro em Porto Alegre (RS), foi condenado pela Justiça a prestar um ano de serviços comunitário, pena máxima neste tipo de crime. O caso ocorreu no último mês de abril no bairro Santana. Ele já havia sido proibido pela Justiça de se aproximar das tutoras do animal.

Divulgação
Divulgação

Jorge Gilberto Lima dos Santos, de 52 anos, terá de prestar 20 horas de serviços por mês durante um ano em local a ser definido. Theo, da raça Yorkshire, levou um chute enquanto a tutora do animal passeava com ele na Rua São Luiz, na capital. A reportagem tentou contato com a defesa de Jorge, que ainda não atendeu as ligações.

Segundo a tutora do cachorro, Isabel Cristina Maciel Luz, ela andava com Theo preso à guia quando ele urinou na calçada em frente ao prédio onde mora o acusado. O homem, então, xingou Isabel e chutou o cão, que chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu no hospital veterinário.

O delegado Adílson Carrazzoni, que investigou o caso, disse, à época, que gostaria que o juiz definisse que Jorge Gilberto prestasse serviços em um canil. Carrazzoni também definiu o acusado como uma pessoa “extremamente violenta” e chegou a pedir a prisão preventiva dele.

Fonte: G1

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>