• Home
  • Investigadores descobrem fábricas de filhotes de gatos na Austrália e nos EUA

Investigadores descobrem fábricas de filhotes de gatos na Austrália e nos EUA

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/Facebook, RescueMeOhio
Reprodução/Facebook, RescueMeOhio

Um homem acabou de ser preso na Austrália por gerenciar uma fábrica de filhotes de gato, onde os animais estavam repletos de infecções e vivendo em péssimas condições sanitárias.

Segundo o The Dodo, 30 dos 72 gatos resgatados estavam tão doentes que tiveram suas mortes induzidas.

O homem irá pagar 32 mil dólares em multas e foi proibido de criar animais por uma década, mas várias pessoas criticaram a punição por acharem muito branda.

“Este é o pior exemplo de uma fábrica de filhotes de gato que Wyndham já viu”, disse Steven Lambert, diretor da transformação urbana de Wyndham.

A triste realidade é que estas fábricas – também chamadas de fazendas/moinhos de filhotes de gato – são um grande problema mundial, porque são, frequentemente, mais facilmente escondidas do que fábricas de filhotes de cachorro.

De acordo com o Animals Australia, a combinação da “falta de transparência, supervisão regulamentar e ações dos criadores inescrupulosos resultam no que pode ser, na melhor das hipóteses, uma vida de privações e de tédio crônico para gatos adultos e seus filhotes ou, na pior das hipóteses, uma vida que parece um pesadelo”.

Os criadouros de filhotes de gatos também estão espalhados por todos os Estados Unidos e são tão ruins como os criadouros de cães.

Reprodução/CAPS
Reprodução/CAPS

A Sociedade de Proteção Animal de Animais Domésticos (CAPS) é uma organização sem fins lucrativos dedicada a proteger animais domésticos da crueldade em lojas de animais e fábricas de filhote de cachorro e gatos por meio de investigações, legislação e resgate.

“Nós já investigamos criadores que têm fábricas de filhotes de cães sem saber que exploravam gatos. Se não temos acesso à toda instalação, os gatos são os mais difíceis de encontrar porque ficam em ambientes completamente fechados”, afirmou Deborah Howard, presidente do CAPS.

Os moinhos de gato licenciados podem vender os animais para lojas de animais domésticos. E mesmo nessas instalações, os gatos “são amontoados em gaiolas sujas, cobertas de pelo e dormem em caixas de areia cheias”, disse ela.

Nos moinhos de gato, as mães também são utilizadas para reprodução até ficarem exaustas e os filhotes ficam doentes e sujos. Os gatos são mantidos em gaiolas com fezes, sem estimulação física ou mental.

A CAPS fez uma investigação secreta em um moinho de gato licenciado administrado por uma mulher em Nebraska e o que eles encontraram foi terrível.

“Quando eu estava lá, vi 25 gatos adultos e 15 filhotes vivendo em pequenas gaiolas e compartimentos”, escreveu um investigador particular dessas instalações que atende pelo nome de Pete.

“Os compartimentos tinham caixas de alimentos, de água e de areia, mas as caixas de areia transbordavam com fezes e a urina deixava um rastro no chão. Havia sujeira por toda parte”, completou.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>