• Home
  • Cão abusado pode incentivar legislação contra crueldade animal na Pensilvânia

Cão abusado pode incentivar legislação contra crueldade animal na Pensilvânia

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/Care2
Reprodução/Care2

No dia quatro de julho, um entregador notou um filhote de cachorro inconsciente em um haras no Condado de Lancaster, na Pensilvânia (EUA).

O tutor do animal concordou em deixar o magro Boston Terrier de apenas sete semanas com o entregador, que imediatamente levou o animal para o Centro Veterinário Dillsburg, segundo o Care2.

O cachorro estava em estado crítico, sofria de severa desidratação e a sarna havia prejudicado seriamente sua pele.

“Ainda estou chocada, não acredito que ele ainda está vivo. Fomos informados por um veterinário que ele iria morrer dentro de algumas horas”, afirmou a oficial Jennifer Nields ao Lancaster on-line dois dias depois do resgate do filhote.

Nields disse ao veterinário para fazer o que fosse necessário para manter o filhote vivo. Ela nomeou o cão de Libre, que significa “livre” em espanhol uma vez que ele foi resgatado no Dia da Independência dos Estados Unidos.

Libre, que fez uma recuperação milagrosa, já encontrou uma nova casa com a ajuda de Janine Guido do Animal Rescue Speranza.
A mãe de Libre, um Boston Terrier de 15 meses chamada Carla, também tinha sarna e foi acolhida pela SPCA de Lancaster.

Felizmente, o caso de Libre chegou até o senador Richard Alloway e assim deu origem à iniciativa para elaboração de uma nova lei em prol dos animais. Alloway propôs o aumento das penalidades para casos de abusos e negligência de animais.

A Pensilvânia é um dos três estados norte-americanos que atualmente não considera abuso animal como um crime, disse o diretor legislativo Chad Reichard ao Lancaster Online.

Alloway declarou que pretende se reunir com organizações que promovem o bem-estar animal e com promotores distritais antes de elaborar o Projeto de Lei que será apresentado em outubro deste ano.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>