• Home
  • Abrigo cuida de 57 cães que fugiram devido aos fogos do 4 de julho

Abrigo cuida de 57 cães que fugiram devido aos fogos do 4 de julho

0 comments

Reprodução / Daniel DeSousa
Reprodução / Daniel DeSousa

O feriado do dia 4 de julho é um dos dias mais estressantes do ano para os cães que vivem nos Estados Unidos. A data, que comemora o Dia da Independência do país, é sempre celebrada com festa e muita queima de fogos de artifício.

O som dos fogos explodindo pode ser extremamente assustador para a maioria dos cães, que podem até mesmo chegar a fugir, tamanho o pânico que o barulho causa.

No condado de San Diego, na Califórnia, o San Diego Animal Services encontrou 156 cães perdidos que provavelmente fugiram por medo dos fogos de artifício. Os animais foram levados para três abrigos diferentes do condado. Os funcionários do abrigo fizeram um grande trabalho da melhor forma que puderam para reunir cada cão com sua família, mas, infelizmente, 57 desses cães não tiveram suas famílias encontradas.
Porém, isso não é novidade e esses números não surpreendem.

“Todos os anos antes do 4 de julho o nosso departamento tenta educar o público sobre como manter os cães seguros durante os fogos de artifício. Fazemos isso por meio dos meios de comunicação locais e nossa página no Facebook. Infelizmente, a cada ano ainda aparecem dezenas de cães após os fogos de artifício”, contou Daniel DeSousa, vice-diretor do County of San Diego Department of Animal Services, ao site The Dodo.

Acredita-se que os 57 que continuam no abrigo devem ter famílias, mas, pela demora em encontrar os tutores destes animais, eles, infelizmente, terão que esperar por novas famílias.

Fogos de artifício podem ser muito assustadores para cães, então o indicado é tentar ficar em casa com os animais para acalmá-los. “Mantenha os cães dentro da residência. Já vimos cães passarem por janelas, cercas de salto e mastigar portões e portas para escapar durante o momento de pânico. Se você tiver que deixá-los em casa, coloque-os em um cômodo seguro, com uma televisão para bloquear o barulho dos fogos de artifício. Em segundo lugar, certifique-se de que o cão está com um microchip ou coleira de identificação e suas informações de contato estão atualizadas”, acrescentou Daniel.

Fonte: Portal do Dog

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>