• Home
  • Morgan Freeman pressiona Câmara e Senado dos EUA pela preservação de tubarões

Morgan Freeman pressiona Câmara e Senado dos EUA pela preservação de tubarões

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/WorldAnimalNews
Reprodução/WorldAnimalNews

Bem a tempo da chamada “semana do tubarão”, que ocorre anualmente no canal de televisão Discovery Channel, o ator vencedor do Oscar Morgan Freeman visitou o Congresso para pressioná-los a proibir a venda de barbatanas de tubarão nos Estados Unidos.

“Neste momento, os tubarões estão seriamente ameaçados. Eles têm sido mortos por suas barbatanas”, disse Freeman em uma entrevista coletiva para anunciar mudanças na legislação do país, informa o World Animal News.

Freeman sempre apoiou o grupo de defesa animal Oceana, que trabalha para proteger oceanos e espécies marinhas ameaçadas.

“Os tubarões são mortos por suas barbatanas, assim como rinocerontes e elefantes foram dizimados devido à demanda por seus chifres e presas. Enquanto a remoção das barbatanas de tubarão não for proibida em águas norte-americanas, esse comércio continuará”, declarou o ator.

“Ao permitir esse comércio dentro de nossas fronteiras, os Estados Unidos continuam contribuindo para este problema global. A Lei para Eliminação do Comércio de Barbatanas de Tubarão não apenas proibiria o comércio do no país, como também reforçaria o status dos Estados Unidos como um líder na conservação desses animais”, completou.

“A remoção das barbatanas, que causa uma morte lenta e dolorosa dos animais, é uma prática cruel que precisa ser impedida. Quando os Estados Unidos proibirem isso, outros farão o mesmo”, disse o presidente da Câmara de Negócios Estrangeiros Ed Royce.

Freeman iria se reunir com a líder democrata da Casa dos Representantes Nancy Pelosi, da Califórnia, com o senador Cory Booker de New Jersey e com o senador Roger Wicker de Mississippi.

Booker tem liderado a versão do Senado do Projeto de Lei para impedir a venda de barbatanas: “Isso está fazendo com que algumas espécies de tubarões fiquem à beira da extinção”.

“Com esta medida bipartidária, os Estados Unidos podem se tornar um líder global ao proibir o mercado nacional de barbatanas. Os tubarões têm um papel fundamental nos ecossistemas marinhos e devemos nos empenhar em protegê-los”, adicionou.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>