• Home
  • Inverno: uma aventura congelante para os animais?

Inverno: uma aventura congelante para os animais?

0 comments

Inverno
Divulgação

Já ouvimos falar que os cães são muito mais sensíveis ao calor por causa do seu processo de transpiração e troca de temperatura que acontecem de forma bem diferente de nós humanos. A grande dúvida é se o mesmo acontece no inverno. Eles sentirão o frio muito mais do que nós? Se isso for verdade, estarão congelados, pois nós temos sofrido muito com as baixas temperaturas.

Por isso, resolvi escrever esse artigo, para esclarecer algumas peculiaridades da estação e dicas para seu animal não entrar numa fria.

A pele dos cães é coberta por pelos e subpelos e isso faz com que a temperatura corporal suba com mais facilidade, por essa razão sente mais calor do que nós humanos. A troca de temperatura corporal ocorre em menor escala nos animais, ela é realizada pela respiração e transpiração, que acontece apenas por meio de glândulas de suor em suas coxins (aquelas almofadinhas nas patinhas).

A boa noticia é que por esse conjunto de características, os cães não sofrem no inverno da mesma forma que no verão, não sentem o frio na mesma intensidade que nós. Mas atenção, isso não significa que os cães possam ficar expostos ao frio. Para a saúde e qualidade de vida dos cães, precisamos garantir um abrigo seguro, confortável e longe de influências climáticas.

O pelo ajuda os cães a manterem a temperatura corporal, sendo assim, em dias frios, ficar peludo está liberado. Porém, por higiene e prevenção a irritações de pele, não existem restrições para tosa higiênica (essa pode manter).

Inverno não é estação para ficar sujinho. Eles podem sim tomar banho no inverno, até mesmo para mantermos a higiene. A melhor opção é o banho feito por profissionais, pois estes terão cuidados com a temperatura da água e utilizarão de soprador e secador profissionais evitando com que o cão fique molhado (evite deixá-lo molhado, isso pode ocasionar uma hipotermia).

Mas, é possível dar esse banho em casa, seja cuidadoso(a) com a temperatura da água. Por mais que esteja frio, não podemos dar banho nos cães com água muito quente, pois podemos machucá-los com queimaduras ou causar alguma irritação de pele. Por isso, o banho deverá ser com água morna; Seque-o bem! Após o banho, seque o cão com secador para que ele não saia no frio com o corpo úmido.

Para garantir um bom inverno, mantenha seu animal abrigado em um lugar confortável, longe do frio, do vento e da chuva. O cachorro que fica em contato, por muito tempo, ao frio e com a pele molhada, pode sofrer com hipotermia (baixa radical da temperatura corporal), além de possíveis problemas de pele.

E seja qual for a época do ano, é importante mantermos a alimentação de nossos aniamis sempre balanceada e completa! Assim, conseguimos garantir a eles todos os nutrientes necessários para a mantê-los saudáveis.

É importante dizer que não é a roupinha que irá protegê-los 100% do frio (ambiente seguro, confortável e protegido contam bastante). Mas, não existem restrições para a utilização de roupinhas.

No frio, os cães ficam mais propícios a doenças respiratórias por causa da baixa imunidade, como, por exemplo, a traqueobronquite (tosse e gripe caninas transmitida por uma bactéria ou por vírus). Para a prevenção, mantenha sempre a vacinação em dia e evite deixá-lo em lugares com muitos cães, pois a doença é altamente contagiosa e a transmissão acontece pelo ar. Caso seu cão apresente tosse, espirro constante e febre, procure a ajuda de um médico veterinário para o diagnóstico correto e a orientação sobre os cuidados e procedimentos para tratamento.

Os cães acima de 8 anos, considerados mais idosos, começam a ficar mais vulneráveis a doenças e com limitações para o tratamento de infecções, de forma que o acompanhamento com veterinário deve ser mais frequente. Além disso, nos dias de temperatura baixa, os cães com problemas de articulações podem apresentar maior sensibilidade a dor e incômodo, podendo encontrar dificuldades maiores em sua locomoção. Ou seja, não tenhamos pânico. Há como aproveitar muito bem esse inverno sem entrar numa fria.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>