• Home
  • Grupos de resgate lutam para salvar animais abandonados do assassinato em Qtar

Grupos de resgate lutam para salvar animais abandonados do assassinato em Qtar

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/TNRDogs
Reprodução/TNRDogs

Como muitos exilados deixam Qatar neste verão, voluntários de resgate de animais querem levar os animais domésticos da região para que eles não acabem desabrigados ou, pior, mortos a tiros.

De acordo com muitos socorristas, pelo menos algumas vezes por vês surgem corpos de cães desabrigados mortos por armas de fogo, diz o Doha News.

Voluntários da TNR Cães de Qatar relataram que recentemente foram alimentar 42 cães e filhotes, na estrada F-Ring, e quando chegaram ao local, se depararam com oito cães mortos.

Com medo de que isso acontecesse com os outros animais, os voluntários procuraram abrigo para eles, o que levou uma grande quantidade de tempo devido à lotação da maioria dos abrigos para animais em Qatar nesta época do ano.

De acordo com Marguerite Cadegan, fundadora da TNR Cães de Qatar, o assassinato de animais desabrigados é um problema maior dentro de Doha do que em áreas menos povoadas.

Enquanto algumas pessoas dizem que os policiais locais estão por trás destes tiroteios, o Ministério da Câmara Municipal e do Meio Ambiente (MME), disse que o governo não endossa essa política.

Reprodução/DogsinDoha/Facebook
Reprodução/DogsinDoha/Facebook

Em uma declaração à Doha News, o MME disse que executa um programa da TNR em que os são examinados para checar doenças e castrados e depois libertados.

Porém, os animais que se comportam de forma considerada perigosa ou que estão doentes têm suas mortes induzidas.O abuso de animais é crime no Qatar, punível com multas e prisão, mas não há nenhuma penalidade para o abandono.

No final de 2015, funcionários do Qatar prometeu que as sanções mais duras seriam implementadas em casos de abuso de animais.

O número de animais abandonados no Qatar não está documentado, mas o Departamento de Recursos Animais do MME têm tentado registrar todos os animais que visitam sua clínica, bem como coletar informações de veterinários privados.

O uso de microchips nos animais domésticos também é uma medida que está em andamento.

De acordo com Cadegan, a principal razão para o aumento de animais desabrigados é a falta de pesquisa das pessoas quando decidem viver com um animal doméstico.

Segundo ela, quando os tutores percebem que o tamanho da responsabilidade com os animais, eles eventualmente, os jogam nas ruas.
Isso aumenta o número de animais abandonados e o número de queixas que levam a suas mortes.

Em um comunicado, o MME afirmou que tem trabalhado na construção do maior abrigo de animais do país em Umm Salal.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>