• Home
  • Veganismo fica cada vez mais popular e desconstrói estereótipos

Veganismo fica cada vez mais popular e desconstrói estereótipos

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/AlamyStock
Reprodução/AlamyStock

Se você quer conhecer a nova onda do veganismo, visite o site dos Vegan Bross. Nele, os irmãos Matt e Phil Letten mantêm um blog, vendem um curso de fitness on-line e, no final do ano passado, assinaram um acordo com a editora Penguin Random House para escrever um livro.

Phil tornou-se vegetariano após assistir a um vídeo que mostrava os animais em uma fazenda industrial. Há oito anos, ele é vegano, diz o The Guardian.

Já Matt costumava agir como um “anti-vegano” e fazer piadas. Eles lançaram a marca Vegan Bros um ano e meio atrás e têm atraído muita atenção.

“Nós queríamos passar a mensagem de que a alimentação vegana não é algo de nicho. Entramos em uma nova era, diferente de quando havia vários estereótipos sobre os veganos”, diz Phil.

Dados comprovam que o número de veganos tem aumentado. De acordo com uma pesquisa encomendada pela Sociedade Vegana, existem hoje 542 mil veganos na Grã-Bretanha, sendo que em 2006 esse número somava 150 mil.

“Este é um aumento de mais de 350% ao longo da década. Acreditamos que a maior parte dele ocorreu ao longo dos últimos dois anos”, diz Jimmy Pierson, um porta-voz do grupo.

As buscas do Google pelo termo ‘’vegano” também dobraram desde 2011 acompanhadas pelo crescimento do mercado de produtos sem origem animal.

As redes sociais possuem um papel fundamental para aumentar a conscientização sobre as atrocidades cometidas pela pecuária.

Reprodução/Jack Guez/AFP/Getty Images
Reprodução/Jack Guez/AFP/Getty Images

Fora isso, as pessoas estão cada vez mais preocupadas com os danos que a pecuária provoca no meio ambiente e é nesses momentos em que campanhas como a “Segunda sem carne” e “Veganuary” podem ser o início de uma mudança de estilo de vida.

Anteriormente associado equivocadamente a hippies, hoje o veganismo se populariza e é adotado pela cantora Beyoncé, atletas como os lutadores de UFC e pela população em geral.

“A imagem do veganismo está passando pela mudança mais radical em sua história, quebrando estereótipos antigos e desgastados. As pessoas agora relacionam o veganismo com saúde, fitness e bem-estar “, diz Pierson.

Embora muitas pessoas que consomem produtos sem origem animal não sejam veganas, Tobias Leenaert, que escreve no blog “Estrategista Vegano” diz que elas contribuem para o movimento.

“A demanda por produtos veganos contribui para aumentar esse mercado. Minha esperança é que isso pode facilitar a transição das pessoas, que podem ser veganas em tempo integral”.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>