• Home
  • Mais de 90 filhotes de tartaruga voltam ao mar na orla de Jaboatão dos Guararapes (PE)

Mais de 90 filhotes de tartaruga voltam ao mar na orla de Jaboatão dos Guararapes (PE)

0 comments

11
Divulgação

Noventa e três filhotes de tartarugas da espécie pente foram soltas na praia de Piedade ontem. Elas faziam parte do sétimo ninho monitorado da orla de Jaboatão dos Guararapes. A soltura foi acompanhada por Adriano Artoni, chefe do núcleo de defesa animal da Secretaria Executiva de Meio Ambiente e Gestão Urbana da cidade e por 30 crianças da Escola José Rodovalho. Os pequenos receberam uma aula de campo sobre o meio ambiente e o desenvolvimento das espécies.

“É uma forma de integrar essas crianças e mostrar para elas a importância da educação ambiental, para que possam entender a dinâmica da vida das tartarugas e sua importância no local”, explicou Artoni. Os estudantes ficaram encantados ao ver nove tartarugas saindo do ninho, durante a tarde de ontem, e voltando ao mar. De manhã, outros 84 animais foram liberados para as águas da praia de Piedade.

Alguns ovos não se desenvolveram. A bióloga Keitz Moura explicou que fatores ambientais e a ação do homem podem atrapalhar o nascimento dos filhotes. “São vários fatores que podem impedir o processo da desova. Pode ser que a tartaruga já tenha gasto toda a quantidade de espermatozoides e os ovos que ela deposita podem não ser fecundados. Os fungos e as bactérias também atrapalham. O clima, a quantidade de chuvas e o local que elas escolhem para desovar são outros fatores preponderantes para seu desenvolvimento. A sujeira e a falta de respeito das pessoas interferem quando arruínam os ninhos ou destroem os ovos”, detalhou. “Piedade é uma praia urbana, então a intervenção é necessária. Quando saem dos ninhos sozinhas, as luzes dos postes chamam atenção das tartarugas e elas acabam fazendo o caminho contrário. Várias já foram atropeladas.”

Artoni alertou para a importância de a população local avisar sempre que localizar ninhos de tartarugas. “Em 2016 foram totalizados 37 ninhos e apenas nove deles foram monitorados. Os barraqueiros da praia, por exemplo, são treinados para observar a orla e os ninhos.”

Fonte: Folha Pernambuco

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>