• Home
  • Ensaio fotográfico questiona a prática de separar cadelas de seus filhotes

Ensaio fotográfico questiona a prática de separar cadelas de seus filhotes

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/Care2
Reprodução/Care2

Da mesma forma que seres humanos, os cães dão à luz todos os dias, porém ao contrário de mães humanas eles raramente conseguem manter seus bebês, que normalmente são adotados.

No entanto, segundo matéria do Care2, uma foto colocou essa prática em discussão. O instinto maternal dos cachorros pode ter sido violado durante todo esse tempo?

A imagem era de Lilica, uma cadela brasileira que teve sua maternidade registrada. O ensaio foi feito pela fotógrafa Anna Paula Grillo e mostra semelhanças com retratos da maternidade de pessoas famosas: pouca roupa (no caso de Lilica, apenas um colar com uma flor rosa) e a futura mãe mostrando sua barriga com um olhar brilhando de alegria.

Reprodução/Care2
Reprodução/Care2

Apenas um dia depois que as fotos fizeram amantes de cachorros, de todas as partes do mundo clicarem nos botões ‘’curtir’’ e ‘’compartilhar’’ do Facebook, Lilica deu à luz.

Em seguida, Grillo fez outra sessão de fotos apresentando os filhotes da cadela. Em uma das imagens, Lilica aparece acima de seus cinco filhotes – quatro do sexo masculino e um do sexo feminino – com um semblante de orgulho.

A cadela também parece retratar um papel protetor enquanto os filhotes cochilam. Em outra fotografia, os filhotes se alimentam e Lilica mostra uma enorme felicidade.

Reprodução/Care2
Reprodução/Care2

As fotos dão a impressão de que a cadela seria devastada caso se separasse de seus bebês.“É muito difícil dizer o que um animal sente porque temos de ter cuidado para não antropomorfizar “, explica o Dr. Patrick Mahaney. “Cada animal passa por um processo de luto depois que algo ou alguém querido é tirado dele”.

“É contra a natureza para levá-los longe da mãe e também pouco saudável porque os filhotes precisam ser alimentados pela mãe e receber os anticorpos que só ela pode lhes fornecer”, completa Mahaney.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Confesso não ter entendido o artigo. Está me parecendo, lendo o parágrafo final, que as pessoas geralmente separam os filhotes da mãe quando estão sendo amamentados! Sério? Claro que eles precisam do leite materno. Que loucura…Quem está fazendo isso? O que já reparei depois de tantas experiências é que as mães dizem quando os filhotes podem ser separados. Elas começam a empurrá-los. Isso acontece quando estão mais ou menos com três meses. Antes disso seria muita crueldade separá-los. Estou chocada, porque a artigo passa a imprensão que fazem isso sempre. A Belinha, cachorra que mora conosco, agora castrada, teve filhotes no ano passado. Ela pode ter ficado sentida porque os doamos, mas não pareceu sentir. Todos já estavam comendo ração e desmamados. Tinham 3 meses. Ela corria deles! Queria distância. Porém eu adotei uma das filhinhas. E…são muito amigas. Tenho notícias das outras…todas estão bem nos novos lares.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>